Radio Calema
InícioCovid-19SP: Número de internações de crianças e adolescentes por covid-19 cresce 61%

SP: Número de internações de crianças e adolescentes por covid-19 cresce 61%

SP: Em 2 meses, número de internações de crianças e adolescentes por covid cresce 61%

Fala foi feita durante coletiva de imprensa do governo de São Paulo

Taxa de ocupação dos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI) no estado é de 54,17%

Nos últimos dois meses, o número de internações de crianças e adolescentes — pessoas com menos de 18 anos — em Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) com covid-19 cresceu 61% no estado de São Paulo. A informação foi dada nesta quarta-feira (19) pelo governador do estado, João Doria (PDSB), e pelo secretário de Saúde do Estado de São Paulo, Jean Gorinchteyn, durante coletiva de imprensa realizada no Palácio dos Bandeirantes.

“O número saltou de 109 crianças e adolescentes em UTIs em novembro de 2021 para 171 menores de 18 anos em terapia intensiva em 10 de janeiro de 2022”, falou Doria. Os dados são da Secretaria de Saúde de São Paulo.

“A população que não está vacinada, os menores de 17 anos, tem tido uma elevação significativa em quase 61% do período de 15 de novembro até agora, dia 17 de janeiro. Portanto, em dois meses, o número saltou de 106 pacientes internados na UTI para 171”, disse Gorinchteyn, ressaltando a importância da vacinação contra o coronavírus para esse público.

Segundo Gorinchteyn, somente em 2021, 92 crianças morreram em decorrência da covid-19 das mais de 2.500 que foram internadas com o quadro grave da doença.

Coronavac
A diretoria da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) vai decidir nesta quinta-feira (20) o pedido do Instituto Butantan para o uso emergencial da Coronavac em crianças e adolescentes de 3 a 17 anos de idade.

Até o momento, somente a vacina da Pfizer pode ser aplicada em crianças e adolescentes de 5 a 17 anos.

Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan, afirmou, também na coletiva, que está confiante na aprovação da agência.

“É oportuno a vacinação dessa população (de crianças e adolescentes), e a Coronavac é a que tem o melhor perfil de segurança para essa população e que tem uma alta efetividade. Estudos conduzidos na China e no Chile mostram uma efetividade superior a 90% na redução de hospitalizações. É uma vacina que protege adultos e crianças”, afirmou.

Ocupação dos leitos de UTI no estado
Jean Gorinchteyn disse que a taxa de ocupação dos leitos de UTI no estado é de 54,17%. Desse total, a Grande SP registra 60,58%.

“Quando olhamos o número absoluto, observamos que os internados em UTIs são 2.842. No pico da primeira onda, tivemos 6.500 pessoas e no pico da segunda onda, só nas UTIS, tivemos 13.150 pessoas internadas.

Apesar do número, o secretário pontuou que a situação é melhor que na primeira e na segunda onda da pandemia, e afirmou que isso acontece devido à vacinação.

“Isso é o resultado, sim, da vacinação. Vacinar é proteger tanto das formas graves como das formas fatais.”

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.