Radio Calema
InícioMundo LusófonoGuiné-BissauBissau: Carta aberta a Domingos Simões Pereira sinaliza crise mais profunda no...

Bissau: Carta aberta a Domingos Simões Pereira sinaliza crise mais profunda no PAIGG

A um mês do X congresso do Partido Africano para a Independência a Guiné e Cabo Verde (PAIGC), a carta aberta de cinco dirigentes enviada ao presidente Domingos Simões Pereira é entendida em determinados círculos políticos de Bissau como um alerta para uma crise que pode ser ainda mais profunda.

Esta é a leitura, por exemplo, do jornalista Bacar Camará, para quem os subscritores querem evitar um novo fracasso político eleitoral do partido e que pode ser bastante profundo.

Em entrevista à VOA, Mário Dias Sami, um dos subscritores da carta disse que “a nossa carta aberta é como um sinal de alerta, chama atenção apenas de alguns pressupostos”.

Além de Sami, assinam a carta, com data de 13 de Janeiro mas que só ontem foi dada a conhecer, o antigo primeiro-ministro Artur Silva, Gilberto Charifo, Houssein Farhat, e Octávio Lopes.

Uma fonte próxima do presidente do partido, Domingos Simões Pereira, disse à VOA que ele não pretende reagir por agora.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.