Radio Calema
InícioMundo LusófonoGuiné-BissauGreve dos profissionais da comunicação social pública na Guiné-Bissau entra no segundo...

Greve dos profissionais da comunicação social pública na Guiné-Bissau entra no segundo dia

Os trabalhadores da Radiodifusão da Guiné-Bissau e da Televisão da Guiné-Bissau entraram no segundo de cinco dias de greve nesta sexta-feira, 17, para exigir melhores salários e condições de trabalho.

Os sindicatos da comunicação social consideram que o salário é demasiado baixo, com alguns jornalistas a receberem o equivalente a apenas 110 dólares por mês, enquanto outros trabalham há anos sem assinar um contrato.

“Acrescente-se a isso uma gritante falta de equipamento, incluindo computadores”, disse Cossa Cisse, do sindicato, acrescentando que tanto sindicatos como os profissionais estão abertos ao diálogo.

A greve estava prevista para a semana passada mas foi suspensa depois de o Governo ter prometido responder às reivindicações, mas, sem reposta do Executivo, sindicatos e profissionais avançaram com o início da greve ontem.

O Governo ainda não se pronunciou.

Siga-nos

0FãsCurtir
0SeguidoresSeguir
0InscritosInscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.