Radio Calema
InicioCrónicas e ArtigosUma pequena apreciação aos bla, bla, bla do Matias Damásio

Uma pequena apreciação aos bla, bla, bla do Matias Damásio

É só um lembretezinho sobre quem, afinal, faz avançar Angola. Matias Damásio, concordo que entramos num conflito geracional, mas também numa polarização política e ideológica muito grande, alimentada pela emergência das redes sociais, num país cujo povo está marcado pela pobreza extrema e faltas de oportunidades várias, muito graves.

Matias Damásio, caso não saiba, são os jovens que movimentam Angola, que estão nas grandes indústrias, nos pequenos, médios e grandes empreendimentos. São eles, os jovens que estão nas instituições públicas e privadas, mas nem todos têm a mesma sorte/ oportunidade.

Matias Damásio, caso não saiba, são os jovens os principais pivot da economia informal, são os jovens taxistas que prestam o melhor e maior serviço público aos cidadãos.

Matias Damásio, caso não saiba, são os jovens que acorrem a cada início de ano lectivo, em busca de uma oportunidade de formação nas universidades, institutos médios ou pequenos centros de formação. São os jovens, sempre os jovens, que andam a procura do primeiro emprego porque querem acima de tudo trabalhar. São os jovens!

Matias Damásio, quem são os engraxadores? São os adolescentes, crianças em idade de estudar a primeira classe de escolaridade, mas os pais não têm as condições de os pôr na escola. Ah, Matias Damásio, esqueci-me dos milhões de petizes fora do sistema de Ensino.

Matias Damásio, caso não saiba, são os jovens que pululam pela urbe em busca de uma direcção, que fazem as minhas unhas. E as unhas de muitos bons filhos deste país.

Matias Damásio, os roboteiros, caso não saiba, todos jovens, vieram do meu Huambo e da sua linda e eterna Benguela, outros da grande Huíla para tal como nós, tentar encontrar um lugar ao sol.

Matias Damásio, há muitos nas empresas de recolha de lixo. Os outros jovens como nós, não é que sejam preguiçosos, precisam de um mentor nas suas vidas e de oportunidades.

Pessoalmente não tenho raiva ou qualquer tipo de ódio contra o Matias Damásio, muito pelo contrário, as suas mais belas composições continuam a calar fundo na minha alma.

Salgueiro Vicente | Jornalista
In Facebook

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.