Radio Calema
InicioAngolaSociedadePadrasto mata enteada no Curoca

Padrasto mata enteada no Curoca

Um cidadão de 52 anos de idade foi detido domingo, na localidade de Chipa, município do Curoca, província do Cunene, acusado de ter morto a paulada a enteada de dois anos de idade, por defecar ao seu lado quando jantava.

O acusado, detido pelo Serviço de Investigação Criminal (SIC), depois da denúncia feita pela mãe, desferiu um golpe mortal na região craniana da vítima, por considerar que aquele acto (defecar ao seu lado) ser um acto anormal na sua tradição.

Em declarações hoje à imprensa, o porta-voz do comando provincial da Polícia Nacional no Cunene, intendente Nicola Tuvecalela, considerou “bárbaro” este acto, que devia ser evitado pelo autor, por se tratar de uma criança.

Para o sociólogo Vieira Chuwila, este comportamento do padrasto demonstra, mais uma vez, a ruptura que está a sofrer o tecido familiar na sociedade angolana, daí a necessidade de se estudar melhor o modelo de convivência social que queremos.

Por outro lado, segundo o porta-voz da Polícia, ainda durante o fim-de-semana, na povoação de Santa-Clara, foi detido um cidadão de 27 anos, acusado no crime de homicídio qualificado por envenenamento do amigo, quando consumiam bebidas alcoólicas num estabelecimento comercial.

Nicola Tuvecalela disse que o acusado aproveitou-se da ausência da vítima para colocar produto de origem duvidosa no seu copo, que em seguida queixou-se de fortes dores de barriga, levando-o à morte.

FonteAngop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.