Radio Calema
InicioMundoÁsiaJornalista norte-americano condenado a 11 anos de prisão em Myanmar

Jornalista norte-americano condenado a 11 anos de prisão em Myanmar

Um jornalista norte-americano detido há vários meses pela junta militar em Myanmar (antiga Birmânia) foi hoje condenado a 11 anos de prisão, por alegadamente divulgar informações falsas, entre outras acusações, disse o seu advogado.

Jornalista Danny Fenster, editor do jornal online Frontier Myanmar, também foi condenado por alegadamente contactar organizações ilegais e violar a lei da imigração, disse o advogado Than Zaw Aung à agência de notícias Associated Press (AP).

Detido desde 24 de Maio, quando tentava embarcar num voo para os Estados Unidos, o jornalista enfrenta ainda mais duas acusações por terrorismo e sedição, crimes passíveis de prisão perpétua, disse Than Zaw Aung.

Fenster, de 37 anos, é o primeiro jornalista estrangeiro a ser condenado a uma pena de prisão desde que os militares tomaram o poder, em 01 de Fevereiro.

Desde o golpe de Estado que depôs a líder civil Aung San Suu Kyi, o exército reprimiu violentamente as manifestações contra o regime, em acções que levaram à detenção de cerca de sete mil pessoas e à morte de pelo menos 1.200 civis, de acordo com a organização não-governamental Associação de Assistência aos Presos Políticos.

A junta militar também reforçou o controlo da informação, limitando o acesso à Internet e cancelando as licenças dos meios de comunicação.

Uma centena de jornalistas foram detidos, com pelo menos 30 ainda na prisão, segundo a AP.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.