Radio Calema
InicioMundo LusófonoMoçambiqueNampula: Chefe da bancada da Frelimo mantém insultos ao jornal Ikweli

Nampula: Chefe da bancada da Frelimo mantém insultos ao jornal Ikweli

O chefe da bancada do partido Frelimo na assembleia municipal de Nampula Pedro Kulyumba proferiu um discurso de ódio contra o Jornal Ikweli e o seu diretor Aunicio da Silva, durante uma declaração política do seu partido, na 4a sessão ordinária do órgão autárquico.

Num vídeo posto a circular nas redes sociais, Kulyumba disse que “a mentira e a manipulação tem sido tendência do Jornal Ikweli e de jornalistas desequilibrados mentalmente, como o caso de Aunício da Silva; o seu ódio contra a bancada da Frelimo é evidente e indisfarçável, que o cego nota. É toda uma macacada de um editor de meia tigela”.

Questionado pela VOA, Kulyumba disse que não retira nada do que disse, e que a a Frelimo não persegue jornalistas e não é contra os órgãos de informação, mas não é a favor de atitudes negativas.

Kulyumba disse à VOA que ele é a sua bancada são as vítimas, porque o editor do Jornal Ikweli pautou por uma violência verbal contra a sua pessoa e sua bancada ao publicar artigos com os títulos “chefe da bancada da Frelimo e eterno Director”, “o diretor Guilherme Kulyumba sai Ingloriamente do museu depois de vinte anos” e “a bancada da Frelimo rende-se perante as obras de Paulo Vahanle no município de Nampula”.

O jornal justificou que a sua cobertura é baseada em factos e imparcialidade.

O seu editor, Aunício da Silva, disse que encara a situação como um sinal de crescimento do órgão, mas não percebe os motivos da tal atitude por parte daquele politico.

A declaração de Kulyumba partidário criou um descontentamento no seio de jornalistas e foi condenada por organizações nacionais e internacionais.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.