Radio Calema
InicioCrónicas e ArtigosPonto de situação sobre a UNITA - Joaquim Nafoia

Ponto de situação sobre a UNITA – Joaquim Nafoia

Desde a última noite que, tenho estado a receber inúmeras chamadas e mensagens de amigos e internautas a solicitar esclarecimentos sobre a exoneração do companheiro Nelito Da Costa Ekuikui, do Cargo de Secretário Provincial de Luanda.

Confesso que tive muita contenção em responder, contudo, o dever patriótico, obriga-nos a dizer o seguinte:

1. A UNITA está debaixo de um ataque feroz por parte do regime de João Lourenço, que no dia 07 de Outubro do corrente ano, impôs o acórdão político 700/2021, através do comité de especialidade de juristas do MPLA, o chamado Tribunal Constitucional.

2. Em consequência, no dia 08 de Outubro do corrente ano, a Direcção do Partido liderada pelo Presidente, Adalberto Costa Júnior, num gesto de inteligência e pragmatismo, mesmo não concordando com o conteúdo expresso, acatou a decisão do Tribunal do regime, tendo de imediato renunciado ao cargo e delegado os poderes ao Presidente repristinado, o Dr. Isaías Henriques Ngola Samakuva, para assumir a Direcção do Partido e a organização do XIII Congresso.

3. De lá para cá, apesar da campanha de diabolização e interferência descarada e vergonhosa do Presidente João Manuel Gonçalves Lourenço e o seu regime, o Mais-Velho Presidente, Isaías Henriques Ngola Samakuva, tem-se mantido calmo, sereno e focado apenas nos aspectos essenciais da realização do Congresso e unidade do Partido.

4. As exonerações e nomeações dos quadros do Partido, com realce a do Secretário Provincial de Luanda, Nelito Da Costa Ekuikui, enquadram-se no expediente meramente administrativo para o cumprimento do famoso acórdão político 700/2021.

5. O Partido ao acatar o conteúdo do tal acórdão político 700/2021, tinha consciência das implicações e os actos daí decorrentes, logo, não faz sentido nenhum quaisquer tipos de manifestações, diabolizações, insinuações e ataques contra a ilustre figura do Mais-Velho Isaías Henriques Samakuva, que nesse momento é o Presidente de transição do Partido, cujo Congresso já foi convocado por ele, e publicamente anunciou que não irá se candidatar.

6. O XIII Congresso do Parido Está convocado para os dias 2, 3 e 4 de Dezembro do Corrente ano, porquanto, esses companheiros visados reassumirão as suas funções com toda a normalidade apôs a realização do referido evento;

Entendo que todos os quadros, militantes, simpatizantes e amigos do Partido, deviam manter calma, prudência, serenidade, vigilância, tranquilidade, unidade e cerrar fileiras em torno da Direcção do Partido e trabalhar para o objectivo maior que é a reeleição do Engenheiro Adalberto Costa Júnior, como Presidente da UNITA e concomitantemente, a conquista do poder político em Angola, nas eleições de 2022.

INTELIGENCIA, SABEDORIA E PATRIOTISMO. EVITEMOS FAZER O JOGO DO ADVERSÁRIO.
Luanda, 02 de Novembro de 2021.
Joaquim Nafoia
Deputado

FonteClub K

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.