Radio Calema
InicioCulturaCinemaIncidente em estúdio: Actor Alec Baldwin mata directora de fotografia

Incidente em estúdio: Actor Alec Baldwin mata directora de fotografia

O actor americano Alec Baldwin disparou uma arma que usava numa cena do filme “Rust” e matou a directora de fotografia, Halyna Hutchins, enquanto o realizador Joel Souza ficou ferido na quinta-feira, 21, no Estado do Novo México.

“O gabinete confirma que os dois indivíduos baleados no cenário de ‘Rust’ foram a directora de fotografia Halyna Hutchins, 42, e o realizador do filme, Joel Souza, 48, atingidos quando uma arma cenográfica foi disparada pelo actor e produtor Alec Baldwin”, informou o gabinete do chefe da polícia de Santa Fé.

Hutchins chegou a ser levada de helicóptero ao hospital da Universidade do Novo México, mas não resistiu aos ferimentos.

Souza também foi levado de ambulância ao centro médico Regional Christus St. Vincent, depois de ter sido atingido no ombro e recupera-se dos ferimentos.

O disparo aconteceu durante uma cena, segundo a polícia, mas ainda não se sabe se era um ensaio ou uma gravação.

“Detectives estão a investigar como e que tipo de munição foi disparado”, acrescentou o comunicado da política, que interroga integrantes da produção e outras testemunhas.

A polícia informou que, até agora, não procedeu a nenhuma acusação.

Alec Baldwin depôs e deixou as instalações da polícia.

O jornal local “Santa Fe New Mexican” escreve que o actor foi visto “perturbado e em lágrimas” enquanto falava ao telefone do lado de fora da esquadra.

“Rust” é um filme de velho oeste que tem como actor principal Baldwin, que também é o produtor da obra.

Halyna Hutchins já fez filmes, curtas-metragens e produções para a televisão desde 2012, segundo o site IMDb.

Ela nasceu na Ucrânia, cresceu numa base militar soviética no Circulo Polar Ártico e estudou jornalismo no seu país e cinema em Los Angeles.

O Grémio Internacional de Directores de Fotografia descreveu, em nota, a morte de Halyna Hutchins como “uma notícia devastadora” e “uma perda terrível”.

“Os pormenores não são claros neste momento, mas estamos a trabalhar para saber mais e apoiamos uma investigação completa a trágico acontecimento”, concluiu a nota.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.