Radio Calema
InicioEconomia“Praça das Mulheres” perde 40 milhões no incêndio

“Praça das Mulheres” perde 40 milhões no incêndio

O incêndio que ocorreu no passado fim-de-semana na “Praça das Mulheres”, no bairro do Kikolo, em Luanda, causou prejuízos avaliados, provisoriamente, em 40 milhões de kwanzas.

O porta-voz do Serviço Nacional de Protecção Civil e Bombeiros, intendente Félix Domingos, que falava, ontem, no balanço das operações realizadas na capital, informou que o fogo consumiu 4 naves com mercadorias diversas e outros danos estão ainda por se apurar.

Esclareceu que o incêndio, de médias proporções, deflagrou devido a um presumível curto circuito.

Disse que foram registados 24 incêndios noutras zonas, três bloqueios de portas, duas invasões de abelhas, dois derrames de combustíveis e dois acidentes de viação com vítimas encarceradas e mortes que foram provocadas por afogamentos e acidentes de viação.

Em Luanda 17 acidentes de viação provocaram três mortos e 21 feridos, segundo o porta-voz da corporação na capital, superintendente Nestor Goubel.

O oficial disse que os danos estão avaliados em mais de dois milhões de kwanzas e ocorreram por desrespeito às normas do Código de Estrada. Acrescentou que foram aplicadas 312 multas aos infractores e, ao tribunal, encaminhados 46 cidadãos por conduzirem embriagados

Revelou que nove armas de fogo estão apreendidas, sendo cinco metralhadoras AKM, três pistolas e uma espingarda. Estão detidos 137 cidadãos por presumíveis autores de diversos crimes.
O Serviço de Emergência Policial (Terminal 113) receberam 682 solicitações de intervenção, que mereceram pronta resposta das forças da ordem.

Apelo
O Comando Provincial da Polícia em Luanda apelou aos cidadãos para quando, de forma individual ou colectiva movimentarem avultadas somas monetárias, o melhor é contratarem empresas de segurança especializadas em transporte de dinheiro ou solicitarem o apoio da Polícia da esquadra mais próxima, para se evitar assaltos.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.