Radio Calema
InicioMundoÁfricaMalawi: Ex-vice-presidente do Parlamento comete suicídio dentro da instituição

Malawi: Ex-vice-presidente do Parlamento comete suicídio dentro da instituição

Um ex-vice-presidente da Assembleia Nacional do Malawi cometeu suicídio nesta quinta-feira, 30 de Setembro, no parlamento, onde tinha ido para uma reunião.

O Parlamento “lamenta informar o público de que o ex-vice-presidente, Clement Chiwaya, suicidou-se no edifício”, avançou um comunicado.

De acordo com uma fonte do parlamento do Malawi, este suicídio estava relacionado com uma “frustração” relativa ao “seu subsídio de serviço”.

A declaração oficial afirma que Chiwaya, que tinha 50 anos e era cadeirante, secretamente trouxe uma arma para o prédio altamente seguro do Parlamento.
(DR)

O porta-voz da polícia James Kadadzera confirmou o suicídio, mas se recusou a dar detalhes, enquanto se aguarda um relatório completo dos investigadores.

Uma fonte do Parlamento disse à AFP que Clement Chiwaya deu um tiro na cabeça dentro do escritório da secretária do Parlamento, Fiona Kalembera.

A declaração oficial afirma que Chiwaya, que tinha 50 anos e era cadeirante, secretamente trouxe uma arma para o prédio altamente seguro do Parlamento.

“Por se tratar de uma pessoa com deficiência, os alertas do scanner (de segurança) foram analisados ​​como vindos da cadeira de rodas”, avança o comunicado.

Um ex-vice-presidente da Assembleia Nacional do Malawi cometeu suicídio nesta quinta-feira, 30 de Setembro, no parlamento, onde tinha ido para uma reunião.
(DR)

Clement Chiwaya comprou de volta o seu veículo oficial no final de seu mandato de cinco anos em 2019, conforme estipulado no seu contrato. Mas ele tentou obter o reembolso do Parlamento pelos danos sofridos num acidente seis meses depois e levou o caso aos tribunais, onde o processo ainda está em andamento.

Antes de se tornar vice-presidente do Parlamento unicameral, Chiwaya era membro do Parlamento desde 2004.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.