Radio Calema
InicioMundo LusófonoMoçambiquePresidentes de Moçambique e do Ruanda reiteram parceria que não termina na...

Presidentes de Moçambique e do Ruanda reiteram parceria que não termina na luta contra terroristas

No Dia das Forças Armadas de Defesa de Moçambique, o Presidente do Ruanda foi o convidado de honra do seu homólogo moçambicano, Filipe Nyusi, nas celebrações no Estádio Municipal de Pemba, perante militares que desfilaram numa parada onde não faltaram carros de combate e outros meios usados pela tropa moçambicana.

Paul Kagame fez um discurso curto, mas suficiente para se perceber que o seu país está disposto a ir até ao fim, nos esforços de combate ao terrorismo, em Moçambique.

Paul Kagame, Presidente do Ruanda, Celebração do dia das FDSM, Pemba, 25 de Setembro de 2021.
(DR)

“O Ruanda continuará a ser um bom parceiro, um bom amigo para Moçambique, bem como vamos continuar a trabalhar juntos, incluindo com outros parceiros, para transformar o nosso continente para o melhor”, afirmou Kagame, acrescentando que o seu país vai ajudar também o Governo moçambicano a criar as condições para o regresso seguro das populações às suas zonas de origem.

Filipe Nyusi, Presidente moçambicano, Dia das FDSM, Pemba, 25 de Setembro de 2021.
(DR)

Por seu lado, Filipe Nyusi agradeceu o trabalho as tropas ruandesas.

“Senhor Presidente Kagame, não há palavras para, em nome de todos moçambicanos, exprimirmos o nosso apreço pela vossa sábia decisão e pelo sacrifício que as filhas e os filhos do Ruanda consentem com os jovens das nossas forças de defesa e segurança. Valorizamos com igual destaque a entrega dos membros dos contingentes da força da SADC. E como referimos no lançamento da missão, no passado mês de Agosto, aqui em Pemba, fazem história com este tipo de empenhamento da força em estado de alerta por ser uma experiência piloto”, disse.

Nyusi pediu às tropas para intensificarem os combates no chamado Teatro Operacional Norte porque, sublinhou, “apesar dos sucessos, ainda há muito trabalho a ser feito.

“Estando em curso operações militares contra os terroristas, queremos que façam uso desta data como momento de inspiração para intensificar a operação contra o terrorismo e em coordenação absoluta com os vossos colegas e irmãos. Continuar a bater duro o inimigo”, desafiou o Presidente moçambicano.

Numa conferência de imprensa conjunta com o estadista Ruandês, Filipe Nyusi salientou que o regresso das populações às suas zonas de origem só será feito quando houver condições de segurança e reiterou que tudo está a ser feito para que os projectos de exploração do gás, interrompidos por causa do terrorismo, sejam retomados o mais breve possível.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.