Radio Calema
InicioNotícias da Diáspora“Vida e Obra de Agostinho Neto”: Consulado Geral de Angola no Rio...

“Vida e Obra de Agostinho Neto”: Consulado Geral de Angola no Rio realiza exposição fotográfica

Em celebração ao dia17 de Setembro, Dia do Fundador da Nação e Herói Nacional, o Consulado Geral de Angola no Rio de Janeiro tem patente no seu Espaço Cultural uma exposição fotográfica denominada “Vida e Obra de Agostinho Neto”.

A exposição foi inaugurada na sexta feira, 17 de Setembro, pelo Embaixador de Angola no Brasil, Florêncio Mariano de Almeida, tendo como anfitrião o Cônsul Geral no Rio de Janeiro, Mateus de Sá Miranda, e estará patente ao público de 18 a 30 de Setembro.

Estiveram presentes no acto de inauguração, o Prefeito de Cabo Frio, José Bonifácio, o Cônsul Geral de Espanha, Luis Prados e o Cônsul honorário de Cabo Verde, Pedro António Santos, o representante da Secretaria Municipal da Cultura no Rio de Janeiro, a Presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos do Negro no Rio de Janeiro, Fátima Malaquias, o Comandante da Guarda Municipal do Rio de Janeiro, José Ricardo, a Presidente da Associação dos Estudantes no Brasil, líderes da comunidade angolana no Rio de Janeiro e ilustres figuras representativas da sociedade carioca.

O acto inaugural da exposição foi dividido em dois momentos, o primeiro ocorreu no auditório onde os convidados presenciaram a apresentação do grupo coral “Amor do Senhor” que entoou o hino nacional à capela.

O Cônsul Geral Sá Miranda, deu as boas-vindas aos convidados agradecendo a presença de todos e a seguir o Embaixador Florêncio de Almeida, pronunciou um breve discurso sobre a importância de Agostinho Neto para África, em especial Angola.

As apresentações artísticas ficaram a cargo da Fernanda Dias, actriz que encenou a poesia “Renúncia Impossível” em musical, e o angolano Miguel Kalahary, actor que encenou o monólogo “Manguxi” logo após teve exibição do documentário áudio visual “Vida e Obra de Agostinho Neto”.

O segundo momento deu-se no salão de exposição, onde simbolicamente o Embaixador cortou a fita marcando a abertura da exposição sendo percorrida com a curadoria de Benjamim Sabby, Director Adjunto da Casa da Cultura na Bahia que fez apresentação da mesma. A cerimónia que teve o seu início as 16 horas terminou as 19 horas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.