Radio Calema
InicioMundo LusófonoMoçambiqueCabo Delgado: Seitas religiosas podem estar a alimentar o terrorismo, diz chefe...

Cabo Delgado: Seitas religiosas podem estar a alimentar o terrorismo, diz chefe da polícia

O chefe da polícia moçambicana, Bernardino Rafael, diz que algumas seitas religiosas podem estar a alimentar o terrorismo no país e pede ao Conselho Cristão de Moçambique para estar atento a essas organizações.

Para o Comandante-Geral da Polícia de Moçambique, é estranho que surjam, um pouco por todo o país, seitas religiosas agindo quase que da mesma forma, dando como exemplo o grupo encontrado, recentemente, nas matas do distrito de Angónia, na província de Tete.

O comportamento e a forma de actuação dessas seitas, “leva-nos a suspeitar que tenham alguma ligação com o terrorismo em Cabo Delgado,” disse.

Quissanga livre do terrorismo

Por outro lado, Bernardino Rafael apelou às pessoas que fugiram da guerra no distrito de Quissanga a regressarem às suas zonas de origem, porque a segurança já foi restabelecida naquela zona.

“Eu penso que a população de Quissanga pode voltar para casa, porque Quissanga está livre do terrorismo. É verdade que as vias de acesso ainda precisam de reabilitação. mas não é impossível chegar a Quissanga”, disse Rafael.

E o embaixador da União europeia em Moçambique, António Sanchez Gaspar, deu garantias de apoio às autoridades moçambicanas na assistência aos deslocados que quiserem regressar às suas terras.

Refira-se que esta semana, a força da Comunidade para o Desenvolvimento da África Austral (SADC) que se encontra em Cabo Delgado a ajudar as Forças de Defesa e Segurança de Moçambique (FDSM) na luta contra os insurgentes anunciou a abertura da estrada entre Pemba, capital provincial, e Macomia.

Foram igualmente abertas estradas entre Mueda e as localidades de Awasse e Nangade, o que permite restabelecer “a confiança pública” das populações.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.