Radio Calema
InicioCulturaMúsicaDuia, uma banda de irmãos

Duia, uma banda de irmãos

Amantes e individualidades ligadas ao movimento cultural e da sociedade luandense testemunharam no passado sábado, no Restaurante Fanta, no Kinaxixi, em Luanda, o lançamento da Banda Duia, composta pelos filhos de Eduardo Garcia Adolfo “Duia” e de Maria João Bernardo Adolfo.

No momento cultural foi apresentada a nova formação, sendo a base os irmãos Duia: Pirica (violão solo-ritmo), Bebé (bateria), Mara (cavaquinho e voz), Jandaia (baixo e voz) e Chinda (voz principal e dikanza). Complementam a formação, Nanutu (saxofone), Nelas do Som (guitarra solo e ritmo), Chico Santos (congas e voz) e Rufino Ciprino (teclados e chefe do conjunto).

Para o saxofonista Nanuto, o projecto era de facto juntar os irmãos Duia e formaram assim a única banda angolana de irmãos, filhos de um solista.

Nanuto defendeu também a criação de novas bandas para o enriquecimento da cultura angolana.

O percussionista Raúl Tulingas a Banda está preparada para dar continuidade na divulgação da musicalidade angolana.

Angola Banda Duia.
(DR)

Durante a apresentação da banda aconteceram dois momentos de música ao vivo, o primeiro aconteceu com o instrumental “Lamento de Duia”, um clássico do pai, na sequência recorreram a temas como “Mamã Ietu”, “Belina”, “Nzala”, “Carolina” , “Nguxi”, “Kissaca”, “Merengue Rebita”, “Fuba” e outros sucessos nacionais de artistas como Lourdes Van-Dúnem, Artur Adriano, Dualy Jair, Paulino Pinheiro e Nany.

O segundo momento foi o mais emocionante, Chinda e Jandaia brindaram na interpretação dos temas “Nga zuze” e “Mariana”, dois dos principais sucessos do Conjunto “As Gingas.”

Carlos Lamartine não se conteve e subiu ao palco para encorajar o conjunto, pois sugeriu que assim seja chamado e não banda.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.