Radio Calema
InicioPolíticaCASA-CECASA-CE sugere aposta no diálogo

CASA-CE sugere aposta no diálogo

O presidente da CASA-CE, Manuel Fernandes, sugeriu, sábado, no Uíge, a aposta no diálogo permanente, para a solução dos problemas sociais.

Entre os vários problemas que devem ser resolvidos, o político apontou o preço dos produtos da cesta básica, assistência médica e medicamentosa, sistema de ensino, habitação e o fornecimento de energia eléctrica.

De visita à província do Uíge, Manuel Fernandes disse que a Coligação defende a criação de mais espaços de debate para o alcance de entendimentos, nas decisões que visam melhorar a vida dos cidadãos.

Citado pela Angop, o político justificou que a deslocação ao Uíge visa constatar o funcionamento das estruturas de base da CASA-CE e as dificuldades enfrentadas pela população.

No seu entender, o Executivo deve apostar mais na implementação de políticas públicas que garantam o reajuste do salário mínimo, criação de mais postos de emprego e o fomento de pequenas e médias empresas.

Com uma agenda de trabalho de seis dias, o presidente da CASA-CE, que chegou esta sexta-feira ao Negage, proveniente da província de Malanje, vai trabalhar, igualmente, nos municípios de Maquela do Zombo, Damba, Uíge e Quitexe.
Em Malanje, o presidente da CASA-CE visitou o município de Calandula, tendo manifestado satisfação com o grau de implementação dos projectos nos sectores da Educação e Saúde.

Referiu que a visita serviu para avaliar a vida interna da coligação e fiscalizar as acções do Governo, que visam a melhoria das condições de vida das populações. Manuel Fernandes informou que durante a visita foi possível interagir com a população que apresentou o seu clamor devido às dificuldades resultantes da subida dos preços da cesta básica. O político referiu-se, também, à situação de pobreza extrema em que vivem algumas famílias.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.