Radio Calema
InicioMundo LusófonoBrasilSenadores querem 2º turno de eleição presidencial com três candidatos já em...

Senadores querem 2º turno de eleição presidencial com três candidatos já em 2022

Proposta prevê que o segundo turno das eleições presidenciais no Brasil terá três candidatos e não mais dois

O senador Oriovisto Guimarães quer apresentar o texto em breve para que já tenha validade para 2022

Já tramita na Câmara uma PEC que trata do mesmo tema

Uma proposta, em elaboração no Senado, prevê que o segundo turno da eleição presidencial no Brasil tenha três candidatos e não mais dois. O senador Oriovisto Guimarães (Podemos-PR) quer apresentar o texto em breve para que já tenha validade para o pleito do ano que vem.

“Se nós tivéssemos três possibilidades no segundo turno, a eleição seria muito mais interessante. Ao invés de votar em um candidato porque eu não gosto do outro, eu poderia me identificar com o candidato que realmente eu gosto”, afirmou o parlamentar.

O tema não é novo porque já tramita na Câmara a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 230/2019, que também altera dessa forma a regra para composição do segundo turno.

O texto, de autoria do deputado Mário Heringer (PDT-MG), ainda não foi analisado pela Comissão de Constituição e Justiça da Casa e aguarda a definição de um relator.

Ainda assim, Oriovisto afirmou que decidiu apresentar no Senado porque, segundo ele, a análise pode ocorrer de forma mais rápida.

O parlamentar fez referência ao que, na sua avaliação, será o cenário de 2022. “Provavelmente, nós teremos um candidato de esquerda que vai ser o Lula e um candidato de direita que vai ser Bolsonaro, mas não é só pensando na próxima eleição”, ressaltou.

“Pensando em todas: um de esquerda ou de direita e, provavelmente, o centro vai se dividir em três, quatro candidatos. E aí o que vai acontecer no segundo turno? Todos esses eleitores que queriam candidato de centro ficam perdidos, ficam sem ter em quem votar”, explicou.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.