Radio Calema
InicioImobiliárioEstudo imobiliário aponta para a queda do preço em dólares: Preços das...

Estudo imobiliário aponta para a queda do preço em dólares: Preços das habitações duplicaram em Kz em cinco anos

Os preços de venda de habitações na cidade de Luanda afundaram até 45% nos últimos cinco anos em dólares, mas em Kwanzas esses preços duplicaram, de acordo com os cálculos do Expansão com base nos dados da consultora imobiliária PrimeYield Angola, num relatório de balanço sobre o mercado imobiliário em 2020 e perspectivas para 2021.

No início do ano passado, uma moradia T3 nova na baixa de Luanda custava, em média, 550 mil USD, uma desvalorização de 44,6%, comparativamente a 2016, quando o preço médio de uma habitação na mesma zona rondava os 992,2 mil USD.

No entanto, neste intervalo de tempo a moeda nacional foi alvo de uma reforma cambial no sentido da flexibilização da sua taxa de câmbio, o que provocou uma depreciação de 74,7% face ao dólar. Contas feitas, o apartamento que em 2016 custava 992,2 mil USD valia, à taxa de câmbio média daquele ano (163,656 Kz por USD) 162,4 milhões Kz.

Já em 2020, essa casa valia à taxa de câmbio média de 578,259 Kz por USD qualquer coisa como 318 milhões Kz, uma subida de 96%. Em 2016, cada metro quadrado de um imóvel novo na zona da Ingombota estava avaliado em 5.670 USD enquanto em 2020 valia 3.235 USD, menos 42,9%.

Se os preços forem calculados em Kwanzas, cada metro quadrado em 2016 valia em média 927.932 Kz, e em 2020 valia 1.870.667 Kz, ou seja, mais 101,6%. Quanto menos prime for a zona mais barato fica o metro quadrado.

As moradias V3 implantadas numa área de 210 metros quadrados, em Luanda Sul/Talatona, por seu lado, os valares médios de venda situaram-se nos 575 mil USD, representando uma quebra de 34,7% comparativamente ao mesmo período do 2016. Já em Kwanzas, entre 2016 e 2020 os preços dispararam 130% para 332,5 milhões Kz.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.