Radio Calema
InicioAngolaPolíticaExoneração de Sérgio dos Santos: Ministério da Economia e Planeamento, um problema...

Exoneração de Sérgio dos Santos: Ministério da Economia e Planeamento, um problema que vai na quarta solução

Primeiro Pedro Luís da Fonseca, depois Manuel Neto da Costa, segue-se o jovem Sérgio Sousa Santos e é agora a vez de Mário Augusto Caetano de Sousa, quatro anos de governo, quatro ministros da Economia e Planeamento.

O primeiro governo apresentado por João Lourenço, em Setembro de 2017, teve como ministro da Economia e Planeamento, Pedro Luís da Fonseca, que não esteve no cargo por muito tempo. Em Julho de 2019, sai Pedro Luís da Fonseca para entrar Manuel Neto da Costa, que ainda esteve menos tempo como auxiliar do titular do poder Executivo para a Economia e Planeamento.

Em Janeiro de 2020, andava o Governo pelo seu 26.º mês, pouco mais de dois anos, e eis que a pasta da Economia e Planeamento muda, mais uma vez, de mãos. Agora para um jovem protagonista, Sérgio Sousa Santos.

Sousa Santos tinha 41 anos quando assumiu o Ministério da Economia, por onde passam importantes, e decisivas, reformas estruturais, com destaque para o PRODESI, o programa de substituição das importações.

O jovem ministro não sabia na altura é que os tempos que se aproximavam iam ser muito mais desafiadores do que o previsto. Em Março de 2020, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declara a pandemia da covid-19, a economia global e por arrasto a angolana paralisa, o que estava mal, ficou pior, e, ao que parece, Sérgio Sousa Santos não foi o homem certo para fazer face a tremendo desafio.

Quando chega ao Governo de João Lourenço, e depois de ter passado, entre 2013 e 2015, pelo Palácio da Cidade Alta, como conselheiro para a área económica do então Presidente José Eduardo dos Santos, Sousa Santos provoca mixed feelings nos meios políticos, para uns é um competente político da nova geração, para outros um jovem incauto e que fala demais. Como o Presidente João Lourenço nunca explica as suas exonerações, sobre as razões da saída de Sousa Santos só poderemos especular.

Mário Caetano de Sousa é o senhor que se segue na Rua Raínha Ginga, na Baixa de Luanda, no Ministério da Economia e Planeamento, é assim o quatro ministro a ocupar o lugar em quatro anos de governação liderada por João Lourenço.

O decreto presidencial publicado hoje indigita ainda a mediática economista Dalva Ringote Allen para o cargo de secretária de Estado da Economia.

Entretanto, os ministros sucedem-se um Ministério que queima, à semelhança do que acontece com os secretários do Presidente da República para a área económica, mas nada disto, e por agora, parece chamuscar o ministro de Estado para a Coordenação Económica, Manuel Nunes Júnior.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.