Radio Calema
InicioAngolaSociedadeDoentes suspendem tratamento de tuberculose em Angola por falta de medicamentos

Doentes suspendem tratamento de tuberculose em Angola por falta de medicamentos

O número de mortos por dia nos hospitais de Luanda, Angola, está a diminuir, segundo autoridades de Saúde, mas ainda existem unidades hospitalares com até 10mortes por dia.

A situação preocupa o Sindicato Nacional dos Médicos de Angola (SNMA) que denuncia igualmente a falta de medicamentos para o combate à tuberculose em todo país.

Essa doença infecciosa, que afecta principalmente os pulmões, tem sintomas como febre, tosse e expectoração.

Adriano Manuel, médico e presidente do SNMA, diz que a situação da falta de medicamentos para o combate à tuberculose preocupa, “uma vez que esses são potenciais doentes que poderão transmitir (a doença) a outros cidadãos”.

Manuel lamenta o facto de muitos doentes terem paralisado o tratamento por não haver medicamentos.

“De uma forma geral a saúde em Angola deteriora-se cada vez mais porque o Governo prefere investir na saúde curativa do que na preventiva”, conclui Adriano Manuel.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.