Radio Calema
InicioMundoCaraíbasHaiti - Depois do terramoto, a tempestade Grace

Haiti – Depois do terramoto, a tempestade Grace

Dias depois de um terramoto devastador atingir o Haiti, a Depressão Tropical Grace trouxe fortes chuvas e ventos para o país.

Meteorologistas disseram que a tempestade pode causar 12 a 25 centímetros de chuva no sul do Haiti durante terça-feira, trazendo a ameaça de enchentes e deslizamentos de terra.

Também pode afectar a busca por sobreviventes e os esforços de ajuda aos deslocados, com a parte sul do país mais atingida pelo terramoto de magnitude 7,2 no sábado.

As autoridades haitianas disseram na segunda-feira que o número de mortos devido ao terramoto subiu para 1419 – quase duzentos a mais do que o número anterior divulgado no domingo.

Pelo menos mais 6000 pessoas ficaram feridas e procuram tratamento em hospitais lotados.

Centenas de pessoas esperavam na escada do hospital geral de Les Cayes, e muitos pacientes têm sido tratados em colchões no chão do lado de fora, pois o hospital está com poucos medicamentos.

O terramoto ocorreu perto da cidade de Petit-Trou-de-Nippes, cerca de 125 quilómetros a oeste da capital, Port-au-Prince, a uma profundidade de 10 quilómetros, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos da América.

O terramoto, que danificou casas, estradas e pontes na península sudoeste do país, deslocou milhares de pessoas. As ruas das cidades próximas ao epicentro foram revestidas de cimento enquanto equipas de resgate e colectores de sucata escavavam os escombros.

“Devemos trabalhar juntos para fornecer respostas rápidas e eficazes a esta situação extremamente séria”, disse o primeiro-ministro do Haiti, Ariel Henry, no domingo. Ele voou para Les Cayes no sábado para avaliar os danos.

Muitos residentes de Les Cayes, a terceira maior cidade do país com uma população de 90.000 habitantes, passaram a noite ao ar livre, enquanto os tremores secundários continuaram a sacudir a área durante o domingo.

O Serviço Geológico dos EUA disse no sábado que o terramoto aumentou o risco de deslizamentos de terra na área.

A República Dominicana e o México estão entre os países que enviaram alimentos e medicamentos ao Haiti. Cuba enviou uma equipa de saúde de 235 membros.

Há pouco mais de um mês, o país entrou numa crise política na sequência do assassinato Presidente Jovenel Moise, em sua casa em 7 de Julho. A sua esposa, Martine Moise, ficou ferida no ataque.

FonteVoA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.