Radio Calema
InicioAngolaSociedadeGoverno angolano garante legalizar todos os refugiados no país

Governo angolano garante legalizar todos os refugiados no país

Os Serviços de Migração Estrangeiros (SME) de Angola garantem que vão atribuir documento definitivo a mais de três mil refugiados, entre eles os que podem estar incluídos na chamada cláusula de cessação, nomeadamente cidadãos do Ruanda, Libéria e Serra Leoa.

A boa notícia acontece no dia em que se assinalam os 70 anos da Convenção Relativa ao Estatuto dos Refugiados, assinada em 1951, um tratado internacional de máxima importância, segundo o Alto Comissariado das Nações Unidos para os Refugiados (ACNUR).

Governo angolano garante legalizar todos os refugiados no país - 3:00

“Nós estamos a registar todos, então todos serão dados os documentos definitivos”, afirma Simão Milagre, porta-voz do SME, garantindo que ninguém será expulso de Angola mas que cada refugiado pode optar por ficar ou regressar ao seu país de origem.

Questionada sobre a necessidade de um maior envolvimento de organizações não governamentais que trabalham com os refugiados, como pediu recentemente, a Rede Angolana de Protecção ao Migrante e Refugiado em carta enviada ao Presidente João Lourenço, Milagres diz ser um falso problema.

“É falta de honestidade por parte desta organização porque nós trabalhamos com todas essas organizações”, concluiu o porta-voz do SME.

De acordo com os dados do Governo, Angola tem actualmente uma população de 56.297 refugiados.

A seguir, surgem naturais da Guiné-Conacri (9.274), Costa do Marfim (6.357), Mauritânia (5.725), Somália (2.002), Sudão (1.949), Serra Leoa (1.910), Eritreia (1.867), Chade (969), Ruanda (648) e Libéria (642).

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

1 COMENTÁRIO

  1. o estado deve ter em consideracao que nos nao podemos receber muitos desses imigrantes porque isso e um perigo para o pais no futuro por causa da cultura e relijiao que nao compadece com as regras porque os mussulmanos nao aceitao os Cristao nos seos paises :Nao deixao os cristao a Contruir igrejas nos nao temos cassas e trabalho e comida para nos e vamos ter para os estranjeiros que nao gostao do Cristao: NOS NAO ACEITAMOS ISSO
    nos somos CRISTAO filhos de Jesus CRISTO

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.