Radio Calema
InicioAngolaSociedadeCondenado a 24 anos de prisão o homem que espancou até à...

Condenado a 24 anos de prisão o homem que espancou até à morte Maria Goreth Semedo

A jornalistas da Rádio Nacional de Angola mantinha uma relação extra-conjugal com um inspector do Serviço de Protecção Civil e Bombeiros que a espancou brutalmente, deixando-a morrer sem lhe prestar socorro.

O Tribunal da Comarca de Luanda, condenou a 24 anos de prisão, o namorado de Maria Goreth Semedo, uma vez que ficou provado que foi o autor do espancamento brutal que levou à morte da jornalista da Rádio Nacional de Angola. A juíza, ao atribuir a pena de prisão, revelou que o réu não mostrou arrependimento em tribunal pelo ocorrido.

Para além da condenação, Francisco Santos, o autor do crime, que está casado com outra mulher que conhecia a relação extra-conjugal do marido, terá de pagar à família da vítima uma indemnização de 5 milhões de kwanzas e 200 mil de taxas de Justiça.

Entretanto, e mesmo condenado a uma pesada pena, o réu vai continuar em liberdade uma vez que o seu advogado interpôs recurso.

Tanto quanto se percebeu pelas declarações em tribunal, o homem que é casado, terá feito uma cena de ciúmes à vítima que descambou em violência. Tudo aconteceu em Fevereiro de 2019, após uma festa de aniversário, que celebrava o aniversário de uma das filhas de Maria Goreth Semedo, que Francisco Santos terá desencadeado, em fúria, a acção que conduziu à morte da jornalista, deixando-a depois, despedida e muito maltrada, no quintal da casa onde ela vivia, no Zango 4.

Francisco Santos foi à polícia fazer queixa de actos de agressão mútua, mas, na verdade, a única vítima foi mesmo Maria Goreth Santos.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.