Radio Calema
InicioAngolaSociedadeLuanda: SIC responsabiliza administrações e cidadãos no vandalismo a sarjetas

Luanda: SIC responsabiliza administrações e cidadãos no vandalismo a sarjetas

Há estradas da capital com tampas das sarjetas vandalizadas. SIC culpa cidadãos e administrações. Comissão Administrativa de Luanda apela à solução conjunta, porque «o risco é para todos».

O director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Serviço de Investigação Criminal (SIC) responsabiliza os cidadãos e as administrações municipais pela crescente onda de vandalização das tampas de sarjetas das estradas de Luanda, argumentando que as duas franjas têm,respectivamente, os papéis de “principal observador” e o dever de “verificar antecipadamente” as zonas onde são subtraídos aqueles importantes meios no escoamento de águas.

Em declarações ao Novo Jornal, Manuel Halaiwa considera que o fraco registo de denúncia destes actos de vandalismo fez que “o número fosse aumentando”.

O responsável entende, por isso, a necessidade de haver denúncia por parte de “quem vela pela cidade”,reforçando que “a administração local deve verificar e comunicar”, embora não retire a responsabilidade ao cidadão, pois, sublinha, esse último “é o principal observador, de forma comum”.

“Do ponto de vista administrativo é a administração que vai olhando para estas coisas de forma pontual.

O director do Gabinete de Comunicação Institucional e Imprensa do Serviço de Investigação Criminal (SIC) responsabiliza os cidadãos e as administrações municipais pela crescente onda de vandalização das tampas de sarjetas das estradas de Luanda, argumentando que as duas franjas têm,respectivamente, os papéis de “principal observador” e o dever de “verificar antecipadamente” as zonas onde são subtraídos aqueles importantes meios no escoamento de águas.

Em declarações ao Novo Jornal, Manuel Halaiwa considera que o fraco registo de denúncia destes actos de vandalismo fez que “o número fosse aumentando”. O responsável entende, porisso, a necessidade de haver denúncia por parte de “quem vela pela cidade”,reforçando que “a administração local deve verificar e comunicar”, embora não retire a responsabilidade ao cidadão, pois, sublinha, esse último “é o principal observador, de forma comum”.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.