InicioDesportoFutebolJesus reencontra Rui Vitória no acesso à Liga dos Campeões

Jesus reencontra Rui Vitória no acesso à Liga dos Campeões

O Benfica vai defrontar o Spartak de Moscovo de Rui Vitória na terceira pré-eliminatória da Liga dos Campeões.

As águias disputam um lugar no play-off de acesso à Liga dos Campeões contra o Spartak de Moscovo comandado por Rui Vitória, antigo treinador da equipa.

Os encontros da terceira pré-eliminatória realizam-se em 03 e 04 de agosto (primeira mão) e 10 de agosto (segunda), com os vencedores a rumarem ao play-off, com sorteio em 2 de agosto e jogos em 17 e 18 (primeira mão) e 24 e 25 (segunda). No caso de se qualificar para o play-off, o Benfica já sabe que será novamente cabeça de série no respetivo sorteio, juntamente com o Shakhtar, a única equipa do ‘caminho das ligas’ que já sabe que não poderá defrontar.

Os encarnados falharam em 2020/21 o apuramento para a fase de grupos, ao caírem logo na terceira pré-eliminatória, num jogo único com o PAOK Sálonica, então comandado por Abel Ferreira, que venceu por 2-1, na Grécia. No caso de, desta vez, conseguir ultrapassar as duas pré-eliminatórias, o Benfica junta-se na fase de grupos, que arranca em 14 de setembro, ao campeão nacional Sporting e ao F. C. Porto.

Será a segunda vez que Benfica e Spartak Moscovo são adversários nas competições da UEFA, depois de ambos terem integrado o mesmo grupo na ‘Champions’ de 2012/13, com uma vitória para cada lado.

As águias disputam um lugar no play-off de acesso à Liga dos Campeões contra o Spartak de Moscovo comandado por Rui Vitória, antigo treinador da equipa.
(DR)

As duas equipas não conseguiram então ultrapassar a fase de grupos, com o Benfica a terminar em terceiro lugar e a ser relegado para a Liga Europa — em que chegaria à final e perderia com o Chelsea -, e o Spartak em quarto.

Nos jogos entre ambos, o Benfica, na ocasião igualmente orientado por Jorge Jesus, venceu no Estádio da Luz por 2-0, com um ‘bis’ de Óscar Cardoso, num plantel do qual ‘sobrevive’ André Almeida, e perdeu em Moscovo por 2-1, com Lima a fazer o tento ‘encarnado’.

O próximo duelo de Benfica e Spartak tem ainda o aspeto emocional de opor dois treinadores portugueses, e, sobretudo, com alguma rivalidade, relativa às épocas em que Jorge Jesus e Rui Vitória trocaram palavras mais azedas, quando estavam no Sporting e no Benfica, respetivamente.

Os dois treinadores defrontaram-se em 21 ocasiões, com 13 triunfos para Jorge Jesus, quatro empates, e quatro vitórias para Rui Vitória.

Já depois disso, o Spartak apenas voltou a encontrar uma equipa portuguesa nos play-off’ da Liga Europa de 2019/20, com o Sporting de Braga a eliminar a equipa russa e a garantir um lugar na fase de grupos, com vitórias por 1-0 em casa e 2-1 fora.

Como vencedor da I Liga portuguesa de 2020/21, o conjunto leonino, comandado por Rúben Amorim, estará no Pote 1 do sorteio de 26 agosto, enquanto a formação liderada por Sérgio Conceição estará no Pote 3, ao qual também irá parar o Benfica, caso lá chegue.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.