InicioGovernos ProvinciaisGoverno Provincial do CunenePR visita obras de combate à seca antes de deixar o Cunene

PR visita obras de combate à seca antes de deixar o Cunene

Chefe de Estado foi a Xangongo de carro para verificar o trabalho realizado

O Presidente da República, João Lourenço, visitou, ontem, as obras de engenharia do Sistema de Transferência de Água do rio Cunene para as localidades de Ombala yo Mungo, Ndombendola e Namacunde. Esta parte do projecto, que está a ser preparada para receber “betão de limpeza”, é o coração da obra de engenharia. É a partir dali que se vai dar a tomada da água do rio Cunene para o sistema de distribuição.

As obras estão localizadas na povoação de Cafu, comuna de Xangongo, município de Ombadja, a 135 quilómetros da cidade de Ondjiva. O Titular do Poder Executivo deslocou-se ao local por estrada, acompanhado da Primeiradama da República, Ana Dias Lourenço, e de vários titulares de departamentos ministeriais.

Trabalham na obra 249 operários, 176 dos quais jovens angolanos. O representante da empreiteira Sinohydro, Li Xun Feng, prometeu concluir a execução do projecto antes de Fevereiro do próximo ano.

Ponte sobre o rio Cunene em Xangongo (Foto: D.R.) 

 

 

 

 

 

O Titular do Poder Executivo deslocou-se ao local por estrada, acompanhado da Primeira-dama da República, Ana Dias Lourenço, e de vários membros do Executivo. Depois de ouvir, atentamente, do ministro da Energia e Águas e do director do Instituto Nacional de Recursos Hídricos, explicações sobre o projecto, o Presidente efectuou uma visita guiada às obras da central de bombagem do Sistema de Transferência de Água, para constatar o grau de execução.

Esta parte do projecto, que está a ser preparada para receber o “betão de limpeza”, é o coração da obra de engenharia. É a partir dali que se vai dar a tomada da água do rio Cunene para o sistema de distribuição.

Depois de visitar, demoradamente, esta parte do projecto, João Lourenço regressou, pela mesma via, à cidade de Ondjiva, de onde, minutos depois, regressou a Luanda. O projecto, em execução, faz parte dos três primeiros estruturantes de combate aos efeitos da seca, aprovados para a província do Cunene.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.