InicioEconomiaTaxas aeroportuárias: Aeroporto 4 de Fevereiro, em Luanda, é o 2º mais...

Taxas aeroportuárias: Aeroporto 4 de Fevereiro, em Luanda, é o 2º mais caro de África

A Associação das Companhias Aéreas Africanas (AFRAA) revelou hoje, segunda-feira, 28 de Junho, no seu relatório, a listas dos países africanos com taxas aeroportuárias mais caras.

O Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, na cidade de Luanda, capital da República de Angola, é o segundo mais caro de África, em termos de taxas aeroportuárias.

Desta lista emerge que o Aeroporto Internacional Kenneth Kaunda, na cidade de Lusaca, capital da Zâmbia. Depois de Luanda, seguem-se nos três lugares seguintes: Casablanca (Marrocos), Conacri (República da Guiné) e Tunes (Tunísia).

Para chegar a este resultado, a AFRAA considerou 36 aeroportos africanos com um tráfego anual de mais de 500.000 passageiros por ano. A metodologia e os critérios foram aplicados aos aviões Boeing 737, que são os “mais populares” da região.

Com base na repartição geográfica, Douala (Camarões) e Malabo (Guiné Equatorial) são os aeroportos mais caros da África Central, Pelo contrário, o Aeroporto Internacional das Seychelles (Mahé) é o mais atrativo para as companhias aéreas com as taxas aeroportuárias mais baixas do continente.

“Alguns dos aeroportos mais movimentados de África como Joanesburgo (África do Sul), Addis Abeba (Etiópia) e Argel (Argélia) estão entre os mais baratos, o que indica que as taxas aeroportuárias mais baixas podem ter um efeito positivo no tráfego aéreo”, comenta a AFRAA, que agrupa cerca de 40 companhias aéreas africanas.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.