InicioMundo LusófonoBrasilEx-patrão é um dos presos por suspeita de auxílio à fuga de...

Ex-patrão é um dos presos por suspeita de auxílio à fuga de Lázaro

Polícia anunciou na quinta-feira a prisão de dois suspeitos de auxiliar a fuga de Lázaro

Um deles é um ex-patrão do criminoso, enquanto o outro é seu caseiro

A polícia suspeita que haja uma rede de auxílio a Lázaro

Um ex-patrão de Lázaro Barbosa foi preso na tarde da última quinta-feira pela polícia. Ele é um dos dois homens detidos por suspeita de auxílio na fuga do criminoso mais procurado do Brasil.

Elmi Caetano Evangelista, de 74 anos, é fazendeiro e já teve Lázaro como funcionário. Ele foi detido por agentes do Distrito Federal quando dirigia seu carro. Inicialmente, o idoso tentou fugir, mas foi alcançado e levado à delegacia.

O outro suspeito é Alain Reis de Santana, de 33 anos, caseiro da fazenda de Elmi e conhecido de Lázaro. O rapaz estava na propriedade do patrão quando foi preso pelos agentes.

De acordo com o secretário de Segurança de Goiás, Rodney Miranda, um dos suspeitos portava uma das armas roubadas por Lázaro durante sua onda de crimes pelo Centro-Oeste: uma espingarda calibre 22.

“Na nossa cabeça não era possível um sujeito desse ter esse habilidade toda [para fugir ao cerco policial] sem ter apoio”, disse Miranda. “A gente vinha desconfiando desde o início que ele tinha apoio para fugir.”

Foragido há oito dias e espalhando uma onda de crimes pelo centro-oeste do país, Lázaro Barbosa já mostrou sua capacidade como fugitivo em 2018. Naquele ano, escapou de uma cadeia pelo teto da cela
(DR)

Outras pessoas podem ter acobertado Lázaro

O secretário afirmou que são fortes os indícios de que, além dos dois detidos, outras pessoas tenham acobertado o foragido. “Desconfiamos que outras pessoas estão ajudando [Barbosa] e nós vamos chegar nelas”, disse Miranda. “Estamos cada dias mais próximos dele e da rede que apoia absurdamente este sujeito.”

A polícia busca informações sobre a eventual participação da dupla nos crimes cometidos pelo foragido, incluindo a chacina de uma família em uma área rural de Ceilândia, cidade satélite do Distrito Federal, no dia 9 deste mês.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.