InicioAngolaPolíticaEsposa de dirigente do MPLA no Bengo assassinada a tiros dentro de...

Esposa de dirigente do MPLA no Bengo assassinada a tiros dentro de casa

Fontes familiares indicam que oito homens armados invadiram a casa e, depois de pedir dinheiro, dispararam contra ela e levaram dois carros

A esposa do 2º secretário provincial do MPLA, partido no poder em Angola, na província do Bengo, foi assassinada em casa alegadamente por criminosos que levaram duas viaturas.

Fontes familiares citadas pelo Novo Jornal contaram que Cristina Armando Kizala, de 43 anos, mulher de João Mpilamosi, foi morta a tiros por oito homens armados por volta da uma hora desta sexta-feira, 25, no interior na residência onde vivia, na zona do Benfica, município de Belas, em Luanda

“Eles entraram no interior da casa depois de prenderem o segurança, perguntaram pelo esposo, o senhor João Mpilamosi, que não se encontrava, e exigiram dinheiro”, disse uma fonte, acrescentando que, de seguida, pediram que ela desse os cartões de créditos e os respectivos códigos”.

“Como não cedeu ao pedido dos meliantes, estes dispararam à queima-roupa na região do peito. Ela morreu no local e os marginais levaram as duas viaturas V8 que estavam parqueadas no quintal”, concluiu a mesma fonte familiar.

Cristina Armando Kizala era enfermeira e trabalhava no Hospital Américo Boavida, em Luanda.

A polícia ainda não se pronunciou.

FonteVoA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.