InicioAngolaPolíticaMfuka Muzemba, ex-líder juvenil da UNITA, apresenta novo partido "Esperança"

Mfuka Muzemba, ex-líder juvenil da UNITA, apresenta novo partido “Esperança”

Mfunca Muzemba anunciou a criação de um novo partido, com que pretende concorrer às eleições gerais de 2022 em Angola. O antigo deputado e ex-líder juvenil da UNITA rejeita uma aliança com outros opositores.

Mfunca Muzemba anunciou a criação do partido “Esperança” uma semana depois de renunciar à sua militância na União Nacional para a Independência Total de Angola (UNITA).

O político diz que o objetivo do novo projeto político é resgatar o “sonho angolano” que tem sido “adiado” pelos partidos históricos após 45 anos de independência e 19 anos de paz.

“Temos assistido por todo o país, e de uma forma visível, à vontade crescente dos angolanos em ver concretizada uma mudança que se possa traduzir no bem-estar de todos. É um sentimento que não pode ser adiado, e que precisa de uma resposta proporcional e urgente”, afirmou Muzemba esta quinta-feira (24.06) durante a conferência de imprensa de apresentação do partido, em Luanda.

Muzemba apresentou o novo partido esta quinta-feira em Luanda
(DR)

Muzemba foi afastado há oito anos do cargo de secretário-geral da JURA, o braço juvenil da UNITA, por suspeitas de corrupção, embora negue todas as acusações.

Com o partido “Esperança”, o político de 39 anos de idade promete uma “solução” de centro-esquerda “que responda aos anseios da coletividade”. Muzemba quer uma “Angola mais próspera”, onde haja igualdade de direitos e oportunidades.

“Esta é a razão que nos traz aqui como jovens da nova Angola, conscientes das nossas responsabilidades”, anunciou. “O Esperança é um partido comprometido com os jovens, com os mais velhos, com as nossas crianças, para um desenvolvimento sustentável do país.”

Mfunca Muzemba descarta a possibilitar de integrar a “Frente Patriótica”, composta por várias for­ças da oposição, a UNITA, o PRA-JA Servir Angola e o Bloco Democrático. Muzemba diz que o processo para a legalização do partido deu entrada esta quinta-feira no Tribunal Constitucional de Angola.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.