InicioAngolaSociedadeCovid: Três óbitos, 74 infecções e 87 recuperados

Covid: Três óbitos, 74 infecções e 87 recuperados

Angola registou, nas últimas 24 horas, 74 novos casos positivos de Covid-19, três óbitos e a recuperação de 87 pacientes. De acordo com o boletim epidemiológico da Direcção Nacional de Saúde Pública (DNSP), apresentado ontem, dos 74 casos positivos, 40 são residentes em Luanda, 20 na Huíla, oito no Huambo, três em Benguela, dois no Zaire e um no Cunene.

Os pacientes têm idades compreendidas entre 1 e 81 anos, sendo 37 masculinos e igual número feminino.

Em relação às mortes, trata-se de três cidadãos angolanos, dois homens e uma mulher residentes nas províncias de Luanda, Cunene e Lunda Sul, com idades compreendidas entre 35 e 88 anos.

Relativamente aos 87 pacientes recuperados, 75 são residentes em Luanda, oito na Huíla e quatro no Huambo, com idades compreendidas entre 1 e 80 anos.

O boletim informa ainda que os laboratórios processaram, nas últimas 24 horas, 831 amostras por exames de RT-PCR, elevando para um acumulativo de 627.269 amostras realuzadas desde o início da pandemia, com uma taxa actual de positividade de 6 por cento.

As autoridades sanitárias testaram, nas últimas 24 horas, nos pontos de entrada e saída da província de Luan-da 569 cidadãos, na base de testes antigénio.

Com os dados divulgados ontem, os números da pandemia no país subiram para 37.678 casos positivos, dos quais 31.676 pacientes recuperados, 859 mortes e 5.143 activos.

Do total de casos activos, refere o documento, 18 estão em estado crítico, 28 graves, 35 moderados, 36 leves e 5.026 assintomáticos.

Nas unidades sanitárias estão em internamento 117 pacientes. O documento indica que 77 pessoas estão em quarentena institucional e 2.368 contactos sob vigilância epidemiológica.

FonteJA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.