InicioMundoÁfricaBotswana descobre terceiro maior diamante conhecido no mundo

Botswana descobre terceiro maior diamante conhecido no mundo

A empresa diamantífera do Botswana, Debswana, anunciou esta quarta-feira a descoberta de um diamante de 1,098 quilates naquele país da África Austral, o terceiro maior alguma vez encontrado no mundo.

A pedra, descoberta em 1 de Junho, foi mostrada ao Presidente do Botsuana, Mokgweetsi Masisi, na capital, Gaborone.

“Acredita-se ser o terceiro maior do género encontrado no planeta”, disse Lynette Armstrong, a diretora da Debswana, detida em parceria pelo Governo do Botsuana e pelo negociante sul-africano de diamantes De Beers.

A descoberta “traz esperança a uma nação em dificuldades”, acrescentou.

O maior diamante conhecido é o “Cullinan”, que pesa mais de 3.100 quilates e foi desenterrado na África do Sul em 1905.

O segundo, de 1.109 quilates, foi descoberto em 2015 na mina de Karowe, no nordeste do Botsuana, que é o maior produtor de diamantes de África.

Corrida aos diamantes na África do Sul
Na África do Sul, as autoridades apelaram à calma. Tentam controlar os acessos ao terreno onde terão sido descobertos diamantes a semana passada. No norte do país, não para de crescer a multidão em busca da pedra preciosa.

Cada nova descoberta é motivo imediato de festa. Como um rastilho, a notícia correu em poucos dias o país onde a taxa de desemprego ultrapassa os 32%.

A polícia começou a tentar condicionar o acesso à jazida. As autoridades falam em riscos agravados de contágio e estão preocupadas com a violação dos protocolos da saúde pública de confinamento da covid-19.

Uma missão de peritos chega nos próximos dias para avaliar se há mesmo diamantes ou se as pedras são apenas cristais de quartzo, como avançam alguns geólogos.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.