InicioDesportoAndebolCAN: Angola e RDC discutem hoje presença nas meias

CAN: Angola e RDC discutem hoje presença nas meias

Angola e Congo Democrático (RDC) disputam hoje, às 12h00, a primeira vaga para as meias-finais da 24ª edição do Campeonato Africano das Nações (CAN) em andebol sénior feminino.

O jogo entre angolanas e congolesas democratas é referente aos quartos-de-final, e acontece no Palácio dos Desportos de Yaoundé, Camarões. O nível competitivo, aliado à constituição dos plantéis e o histórico dos jogos entre si, conferem à Selecção Nacional o estatuto de favorita ao triunfo. Nas vestes de detentora do título e crónica candidata à conquista do mesmo, as Pérolas estão determinadas em passar com distinção frente às congolesas.

Capitaneadas pela experiente Isabel Guialo “Belinha”, as senhoras de ouro africano têm argumentos de sobra para contrariar os propósitos das adversárias. O ataque organizado a par da defesa aguerrida podem ser fundamentais durante o encontro. As saídas rápidas para o contra-ataque é outro trunfo do combinado angolano orientado por Filipe Cruz.

Do lado das congolesas, a meta passa igualmente pela vitória, porém reconhecem que a tarefa se afigura espinhosa. Depois do brilharete na fase preliminar, as compatriotas de Cristiane Mwasessa estão motivadas e caso lhes seja permitido querem surpreender as angolanas.

Embora o histórico não lhe seja muito favorável, o Congo Democrático encara a partida com nuances de final antecipada. Portanto, vai jogar o tudo ou nada.

Quando as coisas não correm de feição, as congolesas costumam recorrer ao contacto físico para intimidar as oponentes, prática pouco aconselhável sob pena de muitas vezes jogarem em inferioridade numérica.

Ainda hoje, duas horas depois, a Tunísia mede forças com a Guiné. A julgar pelo desempenho de ambas na fase de grupos, as tunisinas são claramente superiores. Mas a primeira etapa já faz parte do passado, e em dia de inspiração tudo pode acontecer.

Outros jogos
O terceiro jogo do dia reserva o aliciante: Congo – Senegal, marcado para as 16h00, no mesmo recinto. O encontro entre congolesas e senegalesas é de prognóstico reservado, por essa razão, as duas selecções partilham o favoritismo.

Refeitas do desaire diante das angolanas, caso queiram garantir a qualificação, as congolesas precisam de redobrar esforços e aproveitar as fragilidades do conjunto senegalês.

Na condição de finalista vencida de 2018, garantir a presença nas meias finais é para as senegalesas uma questão de honra. Embora desprovidas da guarda-redes, Sekou, as “leoas” africanas almejam a vitória.

Às 18h00, os Camarões jogam diante da Nigéria. A jogar em casa e sob o rótulo de candidata à conquista do troféu, ao conjunto anfitrião interessa jogar ao mais alto nível e anular os intentos das adversárias. Por sua vez, as nigerianas querem deixar a sua marca no encontro e tentar equilibrar os números.

FonteJA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.