InicioMundoEuropaEuropol anuncia detenção de 800 pessoas em operação mundial contra o crime...

Europol anuncia detenção de 800 pessoas em operação mundial contra o crime organizado

Operação de combate aos crimes praticados por “alguns dos principais criminosos do mundo” pertencentes à máfia, associações asiáticas de crime organizado, cartéis de droga ou a gangues ilegais de motards.

Polícias de cerca de 20 países com o apoio da Europol desmantelaram redes de crime organizado numa das “maiores e mais sofisticadas operações de aplicação da lei até hoje na luta contra atividades criminosas criptografadas”, anunciou hoje a Europol acrescentando que 800 pessoas foram detidas por todo o mundo.

Milhares de criminosos em todo o mundo usaram telefones criptografados para organizar tráfico de drogas, armas ou mesmo planos de assassinato, sem saber que tais dispositivos foram distribuídos como parte de uma operação policial secreta que começou há três anos contra “alguns dos principais criminosos do mundo”.

“Esta operação é o esforço mais sofisticado até hoje para interromper as atividades de criminosos que operam nos quatro cantos do mundo”, disse a Europol.

VÁRIOS PAÍSES ESTÃO A DIVULGAR O RESULTADO DA MEGA-OPERAÇÃO
O resultado da operação mundial concertada entre várias organizações policiais do mundo está a ser divulgada hoje pela Europol bem como por cada um dos países envolvidos.

Durante três anos, milhares de telefones – que supostamente permitiam que os criminosos passassem despercebidos – foram distribuídos pelas fileiras da Máfia, sindicatos do crime organizado asiático, cartéis de drogas, gangues de motoqueiros ilegais, entre outros.

A operação internacional nomeada “Trojan Shield” usou um dispositivo denominado “AN0M”, que foi distribuído em mais de 90 países a criminosos que o utilizavam nas suas comunicações sem saber que a polícia também recebia as 20 milhões de mensagens que enviaram no total.

“Essas informações levaram, na semana passada, a centenas de operações policiais em todo o mundo, da Nova Zelândia à Austrália, passando pela Europa e pelos Estados Unidos, com resultados impressionantes”, disse hoje em conferência de imprensa o diretor-adjunto das operações da Europol, Jean-Philippe Lecouffe.
Foram feitas “mais de 800 detenções, mais de 700 lugares foram revistados, mais de 8 toneladas de cocaína” foram apreendidas, enumerou.

VASTA OPERAÇÃO INTERNACIONAL SALVOU 100 VIDAS, DIZ FBI
“Nos últimos 18 meses, o FBI forneceu a organizações criminosas mais de 300 dispositivos criptografados em mais de 100 países que nos permitiram monitorizar as suas comunicações”, disse hoje o vice-diretor do FBI, Calvin Shivers, ao repórteres na sede da Europol em Haia.
“Mais de 100 ameaças mortais foram frustradas”, garantiu Shivers.

ALEMANHA ANUNCIA 70 DENTENÇÕES
A polícia alemã deteve mais de 70 suspeitos e fez buscas em mais de 150 locais na Alemanha anunciaram hoje as autoridades alemãs.

O Ministério Público de Frankfurt avançou que as buscas realizadas na segunda-feira se centraram no estado de Hessea, no oeste do país. Foram apreendidas centenas de quilos de drogas, mais de 20 armas, mais de 30 carros de luxo e dinheiro no valor de 250.000 euros, bem como vários equipamentos.

NOVA ZELÂNDIA DETEVE 35 PESSOAS
A polícia da Nova Zelândia fez 35 d e etenções e apresentou mais de 900 acusações, anunciaram as autoridades.

Numa série de buscas policiais por todo o país na segunda-feira, as autoridades apreenderam 2,7 milhões de dólares em bens, incluindo 14 veículos, quatro armas de fogo, vários telemóveis e cerca de 10 kg de metanfetaminas.

70 DETIDOS NA SUÉCIA, 49 NOS PAÍSES PAIXOS
Na mesma conferências de imprensa com a europol e o FBi em Haia, as autoridades suecas e holandesas anunciaram a detenção de 70 pessoas na Suécia e 49 nos Países Baixos.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.