InicioMundoÁfricaCovid-19: África do Sul vacina pessoal docente e não docente

Covid-19: África do Sul vacina pessoal docente e não docente

Professores e funcionários não docentes do sector da Educação sul-africano, com mais de 40 anos de idade, serão os próximos a ser vacinados contra a Covid-19, no âmbito de um plano nacional de vacinação.

A informação foi prestada nesta segunda-feira em Pretória pelo Departamento de Educação Básica.

De acordo com a Organização Nacional dos Professores Profissionais da África do Sul (NAPTOSA) e outros sindicatos de professores, 500 mil doses da vacina da Johnson & Johnson são aguardadas no país para início da campanha.

O director executivo da NAPTOSA, Basil Manuel, disse que o plano nacional de vacinação para 500 funcionários da Educação, entre docentes e não docentes, devia arrancar na quarta-feira (9).

Adiantou que as vacinas eram aguardadas na África do Sul, no dia 4 do corrente, para serem testadas na segunda-feira, antes da inoculação inicialmente prevista para quarta-feira (9),

Segundo Basil Manuel, um atraso por parte do fornecedor da Johnson & Johnson, nos Estados Unidos da América, condicionou a chegada da remessa a África do Sul, o que deverá alterar o calendário da vacinação inicialmente estabelecido.

Por seu lado, o vice-ministro sul-africano da Saúde, Joe Phaahla, confirmou que o Executivo “continua a espera de um despacho do fabricante da Johnson & Johnson, nos EUA, que congelou a disponibilização global de doses da vacina”, devido a problemas de contaminação numa fábrica em Baltimore.

FonteAngop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.