InicioDesportoFutebolA uma semana da Copa América, CFB vê presidente suspenso

A uma semana da Copa América, CFB vê presidente suspenso

O mais alto responsável do futebol brasileiro, Rogério Caboclo, foi suspenso por 30 dias após ter sido acusado de assédio sexual, anunciou domingo a sua federação – a uma semana do início da Copa América, que o Brasil aceitou acolher no último minuto devido à pandemia.

A federação brasileira de futebol “recebeu este domingo à tarde a decisão da Comissão Brasileira de Ética do Futebol suspendendo temporariamente (por um período inicial de 30 dias) o presidente Rogério Caboclo do exercício das suas funções”, lia-se numa declaração.

Caboclo, 48 anos, foi denunciado à Comissão de Ética na sexta-feira por um funcionário que o acusou de vários episódios de assédio sexual e moral nos últimos meses, segundo a Globo Esporte.

Ele negou as acusações. Sem entrarem em pormeonores os seus advogados disseram que Caboclo provaria a sua inocência.

O anúncio surpresa da semana passada de que o Brasil iria organizar o torneio em vez da Argentina e Colômbia provocou uma avalanche de críticas no país, um dos mais atingidos no mundo pela pandemia de Covid-19. Caboclo fora um dos organizadores do problemático torneio Copa América que começa no Brasil no dia 13 de Junho.

Na sexta-feira, o presidente da câmara do Rio de Janeiro disse que não hesitaria em cancelar os jogos programados na sua cidade se a pandemia se agravasse.

O Rio acolherá o primeiro de oito jogos da Copa, entre a Argentina de Lionel Messi e o Chile, no dia 14 de Junho.

A Copa, adiada por 12 meses devido à pandemia, deveria ser co-anfitriada pela Colômbia e Argentina.

Mas a confederação sul-americana (CONMEBOL) não conseguiu levar a Colômbia a aceitar jogos no país no mês passado devido a violentos protestos anti-governamentais, e a segunda devido a um surto de Covid-19.

Por agora, Antônio Carlos Nunes de Lima, de 82 anos de idade, assumirá a presidência interinamente. De recodar que ele já ocupara o cargo entre 2017 e 2019 quando o antecessor de Caboclo, Marco Polo Del Nero, foi banido pela FIFA por corrupção.

FonteVoA

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.