InicioPolíticaMPLAMoxico: MPLA recomenda intervenção urgente das estradas da província

Moxico: MPLA recomenda intervenção urgente das estradas da província

O Comité Provincial do MPLA no Moxico reuniu esta sexta-feira, 21. A IX reunião ordinária do MPLA naquela província do Leste do País, que contou com o acompanhamento de Manuel Pedro Chaves, Secretário para Relações Internacionais do Bureau Político do MPLA e coordenador do grupo de acompanhamento à província do Moxico, dentre outros assuntos, discutiu e analisou a vida sócio-económica da província.

Diniz Kapapelo | Moxico

Manuel Pedro Chaves, no seu discurso disse que o MPLA deve acompanhar com afinco os programas que visam a melhoria da vida sócio-económica dos angolanos.

Manuel Pedro Chaves, Secretário para Relações Internacionais do Bureau Político do MPLA e coordenador do grupo de acompanhamento à província do Moxico.
(DINIZ KAPAPELO)

“Devemos envidar esforços no sentido de melhorarmos as condições sociais das populações reforçando, deste modo, a implementação com rigor, dos programas existentes, particularmente, o Plano Integrado de Intervenção nos Municípios (PIIM), o Programa Integrado de Desenvolvimento Local e Combate a Pobreza, o Programa de Apoio a Produção e Diversificação das Exportações e Substituição das Importações (PRODESI), o PAPE e o Kwenda”.

Em relação à agenda de trabalhos da nona reunião ordinária do MPLA, o realce recai para a preocupação apresentada pelo Comité provincial do partido quanto ao Estado das Estradas e das vias de comunicação que ligam a província do Moxico ao resto do País, por sinal, a maior preocupação do Comité provincial do Partido dos ‘Camaradas’ naquela província e do grupo de acompanhamento.

Uma das recomendações é que aproveitar agora, o tempo seco e de cacimbo, que é uma boa altura para se fazer alguma intervenção nas estradas, uma vez que a província chove muito.
(DINIZ KAPAPELO)

De acordo com Gonçalves Muandumba, 1º Secretário do MPLA no Moxico, em entrevista à imprensa, o Comité Provincial do MPLA, em função dos temas analisados e discutidos na reunião, apelou ao Governo da província no sentido de se engajar junto das instituições nacionais para se encontrar uma solução para o problema da falta de estradas no Moxico.

“Uma das recomendações é que aproveitar agora, o tempo seco e de cacimbo, que é uma boa altura para se fazer alguma intervenção nas estradas, uma vez que a província chove muito. Portanto, o nosso grande problema aqui, são as vias de comunicação, são as estradas para que as pessoas possam circular e escoar os produtos”, disse o número ‘um’ do MPLA no Moxico.

Gonçalves Muandumba referiu que o outro ponto analisado na reunião dos ‘Camaradas’ foi também a questão dos transportes públicos e, muito particularmente, o caminho de ferro de Benguela.

Membros do Comité Provincial do MPLA no Moxico.
(DINIZ KAPAPELO)

“A província se debate com a falta de estradas e, nos últimos tempos, a frequência do comboio diminuiu devido a algumas dificuldades. Por este facto, o Comité Provincial recomendou que, junto do Ministério dos Transportes e do Conselho de Administração do Caminho de Ferro de Benguela, se analise essa questão com mais profundidade”, notou.

O Conclave recomendou também, melhor organização, na venda dos bilhetes, na circulação do comboio, na organização interna e na criação de condições de bio-segurança, tendo em conta a Covid-19.

“Portanto, foram pertinentes orientações e recomendações que o Comité provincial fez, tendo em conta a realidade, as necessidades e a falta que o comboio faz na vida das populações uma vez que não temos alternativas para circulação, tendo em conta, o estado degradante das estradas”, sustentou Gonçalves Muandumba.

O Conclave recomendou também, melhor organização, na venda dos bilhetes, na circulação do comboio, na organização interna e na criação de condições de bio-segurança, tendo em conta a Covid-19.
(DINIZ KAPAPELO)

Em gesto de conclusão, os membros do Comité provincial do MPLA no Moxico, tendo em conta o distanciamento da província, com a capital do País e demais províncias, solicitaram o aumento de frequências de voos para o Moxico.

“Actualmente, a província do Moxico tem apenas um voo semanal e, apenas a TAAG voa para cá. Então, o Comité provincial do MPLA recomendou para que, junto das instâncias competentes, verem a possibilidade de se aumentar a frequências de voos e, também, se reduzirem os preços dos bilhetes de passagens”, concluiu.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.