InicioPolíticaMPLAMPLA diz que o desafio de melhorar o país deve ser inclusivo

MPLA diz que o desafio de melhorar o país deve ser inclusivo

O primeiro secretário do Comité Provincial do MPLA na Lunda Norte, Ernesto Muangala, afirmou hoje, sábado, que os desafios para melhorar o país em todos os domínios deve ser inclusivo e participativo, com uma ampla conjugação de esforços, tendo sempre como meta o desenvolvimento socioeconómico.

Ernesto Muangala fez este pronunciamento durante a 5ª sessão ordinário do partido, sublinhando que, no actual contexto socioeconómico, Angola precisa, mais do que nunca, de todos os seus “filhos” para se vencer os desafios da diversificação da economia, sobretudo.

Conforme o polítco, apesar da pandemia da Covid-19, o MPLA vai continuar a direcionar cada vez mais as suas acções junto da população, promovendo o diálogo e a participação nos diversos domínios da vida política, social e cultural, reforçando a democracia e a cultura de uma cidadania participativa.

Por outro lado, sublinhou que a JMPLA e a OMA devem continuar a assumir um maior protagonismo na sociedade e desenvolver iniciativas que estimulem a participação dos jovens e das mulheres nos grandes desafios do país.

Apelou maior dinamismo nas tarefas partidárias, para que o MPLA vença as próximas eleições, em 2022, “uma vez que são grandes os desafios que o partido vai enfrentar”.

Ernestro Muangala orientou aos comités municipais no sentido de promoverem uma ampla campanha de auscultar a sociedade civil com o objectivo de ouvir e escrutinar as opiniões do povo sobre as questões sociais, económicas, culturais e políticas do país.

Nesta sessão ordinária que decorre no município do Cuilo, estão a ser analisados os projectos do Plano Integrado de Intervenção aos Municípios (PIIM) e os financiados pelos Eurobond’s, bem como a vida interna do partido.

FonteAngop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.