InicioCovid-19Covid-19: Postos da Cidadela e Casa da Juventude abertos para segunda dose

Covid-19: Postos da Cidadela e Casa da Juventude abertos para segunda dose

As autoridades sanitárias definiram os postos do Complexo da Cidadela e da Casa da Juventude, em Viana, para a administração da segunda dose da vacina.

Conforme o Ministério da Saúde (MINSA), a partir desta segunda-feira, 17, o posto de alto rendimento Paz Flor, localizado no Morro Bento (distrito Urbano da Samba), servirá para a administração da primeira dose.

De acordo com o MINSA, o posto está aberto para jornalistas, funcionários bancários, da AGT, da energia e águas, dos serviços aeroportuários, da administração pública, segurança social, da justiça, entre outros sectores.

Dados divulgados na sexta-feira, 14, indicavam a vacinação de 600.267 cidadãos desde o início do processo em Março do ano em curso.

Entre os vacinados, segundo os dados, 69.695 cidadãos já receberam a segunda dose.

Para o processo de vacinação, Angola já adquiriu seis milhões de doses da Sputnik V e recebeu, por meio da iniciativa Covx e do governo chinês, 824 mil doses da Astrazeneca e da Sinopharma.

O plano de vacinação em curso prevê imunizar cerca de 15.7 de angolanos maiores de 16 anos, e reduzir a mortalidade e o número de casos de Covid-19, bem como permitir a retoma do normal funcionamento das actividades económicas e sociais.

Em Angola, a campanha de vacinação contra a Covid-19 começou em Março último. Na primeira fase, abrangeu os profissionais de saúde, forças de defesa e segurança, idosos, portadores de comorbilidades, professores, população a partir dos 40 anos, entre outras pessoas expostas.

No país, os dois primeiros casos positivos de Covid-19 foram anunciados a 21 de Março de 2020, pela ministra angolana da Saúde, Sílvia Lutucuta.

FonteAngop

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.