InicioCrónicas e ArtigosChamada para dossier temático sobre as “múltiplas dimensões de Luanda”

Chamada para dossier temático sobre as “múltiplas dimensões de Luanda”

O interesse da academia pelo estudo da cidade de Luanda data de algumas dezenas de anos do século passado.

A sua relevância conheceu um maior impulso durante o período de partido único, onde se destacam os trabalhos feito pelo Ilídio do Amaral e Fernando Mourão que investigaram as questões do espaço urbano e a evolução da cidade e dos musseques desde o período colonial até os anos setenta e oitenta.

Havia outros pesquisadores como Christine Messiant, Tania Mâcedo, Michel Cahen, Ruy Duarte de Carvalho, Marissa Moorman e Selma Pantoja que apresentavam uma visão baseada na vida quotidiana que trouxeram à luz as atividades e as formas de vida dos Luandenses e mesmo como as políticas do estado colonial e do partido único moldaram a cidade e seus residentes.

Mesmo com essas contribuições importantes, as condições da guerra e as circunstâncias políticas da altura criaram barreiras à pesquisa e publicação de e sobre Luanda.

Contudo, os últimos 15 anos conheceram o surgimento de um número considerável de trabalhos académicos de e sobre Luanda, muitas das vezes como um ponto de partida para se pensar e olhar Angola, outras vezes enquanto um ponto de referência para pensar o continente africano e as suas relações com o mundo.

Luanda tem mexido com as sensibilidades das mais variadas disciplinas das ciências sociais, e não só, a sua atenção é também alvo de interesse das humanidades, particularmente as artes, onde se destaca a literatura, pelo seu mais longo percurso histórico e imaginação social, e igualmente a música, a pintura e a escultura.

No que se refere às ciências sociais, o campo de discussão e trabalhos de investigação conheceram um crescimento considerável pelo menos na segunda metade dos anos 2000 por fatores diversos que não cabem serem aqui inumerados. Nesta conformidade várias foram as temáticas que mobilizaram a comunidade académica interna e externa.

Se até 2005 atenção da academia esteve voltada para a questão da guerra e os desafios que a situação do pós-guerra implicava, depois disso o foco de muitos estudos e trabalhos de pesquisas foram orientados para as questões da reconstrução, do êxodo rural, e do crescimento e expansão das cidades.

As mudanças que o fim da guerra trouxe também tem despertado interesse da academia para a compreensão de novas mobilizações e protestos a favor da cidadania, desafios infraestruturais comparáveis, o surgimento de novas práticas musicais e artísticas, e um interesse na história pós-colonial da cidade.

É nossa pretensão com essa chamada colocar e congregar à mesma mesa de discussão estudiosos sobre as múltiplas dimensões de Luanda, a partir da elaboração de uma coletânea de textos, que serão posteriormente selecionados para darem lugar ao surgimento de uma publicação.

A seleção dos textos para a coletânea sobre Luanda será antecedida de um workshop a realizar-se na Universidade de Joanesburgo ou na Universidade Agostinho Neto (ou um workshop virtual se for necessário devido à pandemia da Covid-19) que procurará reunir pesquisadores/estudiosos de e sobre Luanda nas várias disciplinas das ciências sociais e humanidades. A intenção é publicar a colecção dos artigos com um editor reconhecido.

Propostas temáticas:

  • Dinâmicas sociais e urbanização em Luanda;

  • Espaço público, demolições forçadas e manifestação de cidadania em Luanda;

  • Economia, modos de vida e sociabilidades nas periferias de Luanda;

  • Mobilidade social, políticas públicas e paisagens arquitetónicas em Luanda;

  • As artes de rua e o lugar da cidade;

  • Imaginando a Luanda literária;

  • Luanda e expressões literárias;

  • Música, sons e cores em Luanda;

  • Música popular e imaginação sociocultural em Luanda;

  • Pobreza e distinção social em Luanda;

  • Marcadores do tempo socialista na paisagem urbana de Luanda;

  • Luanda: a cidade, as praias e os bairros periféricos;

Detalhes de envio:

Para a submissão inicial, convidamos que nos sejam enviados resumos de 250 a 500 palavras para para Claudia Gastrow (cgastrow@uj.ac.za) e Gilson Lázaro (lazaro.gilson@gmail.com) até o dia 31 de Maio de 2021. Veja abaixo o cronograma mais detalhado.

Os resumos podem ser escritos em Português ou Inglês.ER

Calendário:

O cronograma para esta edição temática sobre Luanda é o seguinte:

Abertura da chamada – 10 de Abril de 2021

Envio dos resumos – 31 de Maio de 2021

Notificação – de Junho 2021

Envio do primeiro draft – 1 Dezembro de 2021

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.