InicioDesportoMotoresRali de Portugal condiciona circulação e estacionamento no Porto

Rali de Portugal condiciona circulação e estacionamento no Porto

A circulação automóvel e o estacionamento estão condicionados desde esta segunda-feira em algumas artérias da cidade do Porto, devido aos preparativos para a Super Especial do rali de Portugal, agendada para o dia 22, junto à Foz do Douro.

Segundo uma nota publicada na página da Internet da Câmara Municipal do Porto (CMP), desde as 00.00 horas que já não é possível “estacionar na Avenida de D. Carlos I, em ambos os lados, no troço entre a Rua do Coronel Raúl Peres e a Rua de Dom Luís Filipe; na Rua de Dom Luís Filipe e na Esplanada do Castelo, exceto no arruamento norte”.

A CMP refere que a circulação automóvel vai estar cortada nestas mesmas artérias entre as 21 horas de hoje até às 20 horas de domingo (16 de maio), “em toda a extensão da Av. de D. Carlos I e da Rua de D. Luís Filipe”, assim como na Esplanada do Castelo, “no troço entre a Rua do Passeio Alegre e a Av. de D. Carlos I”.

De acordo com o município, estas “restrições voltam a replicar-se entre 23 e 27 de maio, para as desmontagens” das estruturas ligadas à realização da Super Especial, desenhada em redor do Forte de São João Baptista, na Foz do Douro.

“No dia da prova, 22 de maio, entre o Jardim do Calém e o Castelo do Queijo haverá corte total na circulação automóvel, abrangendo, por isso, toda a extensão da Avenida de Dom Carlos I, a Rua do Passeio Alegre, a Esplanada do Castelo, a Rua do Coronel Raúl Peres e a Rua da Senhora da Luz”, explica a nota.

Além destas artérias, o trânsito vai estar também cortado na “Avenida de Montevideu e a Avenida do Brasil, no troço entre a Avenida de Montevideu e a Rua da Agra”, assim como “um vasto conjunto de artérias na zona da Foz Velha”.

“Organizada pelo Automóvel Clube de Portugal, a prova será a quarta etapa pontuável para o Campeonato do Mundo de Ralis (WRC), disputando-se entre os dias 20 a 23 de maio, no centro e norte do país, com um figurino muito semelhante ao que estava planeado para 2020, antes do seu cancelamento devido à pandemia”, lê-se na nota da autarquia.

Segundo o município, liderado pelo independente Rui Moreira, “a grande novidade no percurso [deste ano] é mesmo a deslocação da tradicional Super Especial para a zona da Foz do Douro, depois de duas edições na baixa da cidade do Porto, em 2016 e 2018”.

FonteJN

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.