InicioMundoEuropaChefes de diplomacia da UE discutem relações transatlânticas e balcãs

Chefes de diplomacia da UE discutem relações transatlânticas e balcãs

Os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia (UE) reúnem-se hoje em Bruxelas, num Conselho que tem como principais pontos em agenda as relações transatlânticas e os Balcãs Ocidentais.

No que respeita às relações com os Estados Unidos, os chefes de diplomacia europeia vão discutir as áreas em que a cooperação transatlântica, que conheceu um novo impulso com entrada em funções da nova administração norte-americana liderada pelo Presidente Joe Biden, oferece um maior potencial para provocar mudanças positivas.

As discussões centrar-se-ão em particular nas prioridades imediatas e a médio prazo da política externa, devendo os 27 destacar “uma variedade de áreas de envolvimento, tais como a pandemia da covid-19, o clima e uma recuperação económica verde, democracia e direitos humanos, questões de política externa, segurança e defesa, multilateralismo, comércio e tecnologia”, de acordo com a agenda do Conselho.

Durante este Conselho de Negócios Estrangeiros, presidido pelo Alto Representante Josep Borrell, os chefes de diplomacia da UE terão ainda a oportunidade de trocar pontos de vista com o enviado presidencial especial dos Estados Unidos para o Clima, John Kerry, que se ligará através de videoconferência.

Segundo o Conselho, a discussão deverá concentrar-se na avaliação da Cimeira de Líderes sobre o Clima recentemente organizada pelos Estados Unidos, e no trabalho diplomático coordenado a desenvolver com parceiros-chave, de modo a assegurar que o nível de ambição climática global seja ainda mais elevado, e com vista ao cumprimento das metas do Acordo de Paris.

O outro ponto em destaque na agenda de hoje dos ministros dos Negócios Estrangeiros é uma discussão estratégica sobre os Balcãs Ocidentais, a sua relação com a UE e os elementos de um compromisso reforçado da União na região.

Durante esta reunião, os 27 discutirão ainda assuntos externos correntes tais como a situação no Sahel, o Afeganistão e a Rússia, devendo ser aprovadas conclusões sobre o Corno de África.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.