InicioAngolaSociedadeTv Zimbo denuncia garimpo de água em Luanda (Vídeo)

Tv Zimbo denuncia garimpo de água em Luanda (Vídeo)

Além do negócio das cisternas que se dedicam de forma menos esclarecida à venda do precioso líquido a diversos lares, através das “girafas” implantadas em várias localidades de Luanda, o garimpo de água é um dos problemas que a EPAL enfrenta, na sua política de fornecimento distribuição e implantação da rede às populações da nossa capital, quer seja em chafarizes ou ligações domiciliares.

Grupos organizados coniventes com funcionários da companhia mãe das águas em Luanda têm sido apontados como os principais obstáculos ao trabalho da EPAL, nomeadamente nos sucessivos défices de tesouraria, que a companhia regista.

A Tv Zimbo volta a conferir ao tema, que todos comentamos à boca pequena, a importância que merece, aguardando soluções à medida do problema, que actualmente afecta a capital do país.


DESMANTELAMENTO DE UMA REDE LIGADA AO GARIMPO DE ÁGUA POTÁVEL EM LUANDA TV ZIMBO

Luanda é de facto um problema grande, a meter água por todos os cantos, sem que haja força suficiente para acabar com o negócio paralelo, daqueles que se dedicam ao chamado garimpo, na maior impunidade deste mundo.

É preciso além das medidas disciplinares, que haja políticas incisivas no sentido de tornar mais transparente e dedicado, o serviço de implantação das redes de distribuição de água potável, numa capital que se alastra todos os dias, fora das normas urbanísticas recomendadas pela ciência.

Nesta feliz reportagem da Tv Zimbo, notamos como se faz em Luanda para ter água no modelar esquema do garimpo, no qual ganham aqueles que actuam na maior impunidade deste mundo. Esperemos que haja sentido de Estado naquilo que são os grandes objectivos do Governo, na satisfação das necessidades básicas do povo, relativamente ao precioso líquido, como principal componente do organismo humano. Haja rigor e disciplina, para o bem da nossa saúde!  Vejam o vídeo e tirem as ilações necessárias!

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.