InicioMundo LusófonoBrasilConfronto entre polícias e traficantes deixa 25 mortos no Rio de Janeiro

Confronto entre polícias e traficantes deixa 25 mortos no Rio de Janeiro

Segundo a polícia brasileira, 24 das vítimas são suspeitas e a 25ª é o polícia civil André Frias

Uma operação da Polícia Civil do Rio de Janeiro deixou 25 pessoas mortas na manhã desta quinta-feira, 06, na comunidade de Jacarezinho, Zona Norte da cidade do Rio de Janeiro. De acordo com a Polícia Civil, 24 suspeitos foram mortos, mas não há informações sobre a identidade das mesmas.

A 25ª vítima é o polícia civil André Farias, que foi atingido com um tiro na cabeça. O agente de 45 anos chegou a ser levado ao hospital, mas não resistiu. Outros dois polícias foram atingidos durante o confronto.

No meio do fogo cruzado, também foram atingidos dois passageiros da linha 2 do metro. Os passageiros feridos foram identificados como Rafael M. Silva, de 33 anos e Humberto Gomes V. Duarte, de 20. Rafael foi levado para o Hospital Salgado Filho e deixou a unidade à revelia, segundo a Secretaria municipal de Saúde. Já Humberto foi levado para o Hospital municipal Souza Aguiar, no Centro. O seu estado de saúde é estável. Um morador também foi ferido dentro de casa. Levou um tiro no pé e passa bem.

Esta foi a operação com o maior número de mortos dentro de uma comunidade, segundo a plataforma Fogo Cruzado. O Supremo Tribunal Federal (STF) proibiu operações nas favelas durante a pandemia desde junho do ano passado, mas a Polícia Civil do Rio de Janeiro conseguiu uma autorização com o Ministério Público. A operação investiga o aliciamento de crianças e adolescentes para ações criminosas. A investigação apontou 21 suspeitos.

Sem poder sair de casa, os moradores gravaram o desespero diante do tiroteio.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.