InicioEconomiaTotal reforça produção de petróleo offshore em Angola

Total reforça produção de petróleo offshore em Angola

A petrolífera francesa começou esta quinta-feira a operar o seu projeto Zinia Fase 2 a 150 quilómetros da costa angolana.

Este projeto offshore, localizado a cerca de 150 quilómetros da costa angolana, inclui a perfuração de nove poços, cuja produção chegará a 40 mil barris de petróleo por dia em meados de 2022, afirmou o grupo petrolífero francês em comunicado.

Localizado em profundidades de água de 600 a 1.200 metros e a cerca de 150 quilómetros da costa angolana, o Zinia 2 inclui-se no Bloco 17 das concessões angolanas. Este bloco é operado pela Total com uma participação de 38%, Equinor (22,16%), Exxon Mobil (19%), BP Exploration Angola Ltd (15,84%) e Sonangol(5%).

Na semana passada, a petrolífera francesa anunciou a retirada de todo o seu pessoal e a consequente suspensão das operações de exploração de gás natural devido ao agravar da violência armada de rebeldes. O projeto de gás desenvolvido pela Total naquela região está avaliado em 20 mil milhões de euros, trata-se do maior investimento privado em curso em África.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.