InicioDesportoOutras modalidadesSporting vence Barcelona e sagra-se campeão europeu

Sporting vence Barcelona e sagra-se campeão europeu

O Sporting venceu (4-3), esta segunda-feira, o Barcelona e conquistou a Liga dos Campeões em futsal pela segunda vez na história. Leões fizeram segunda parte de luxo, com três golos em cinco minutos.

Depois de ultrapassar o Inter Movistar, o Sporting chegou a uma final da Champions pela quinta fez. Pela frente, esperava-lhe nada mais, nada menos, do que o Barcelona, detentor do título e uma das melhores equipas do mundo. O favoritismo até podia estar do lado dos espanhóis mas o desporto, nas suas mais diversas modalidades, já provou que tal facto não tem valor a não ser que seja provado na hora das decisões. E a verdade, é que foram os leões, com garra e, principalmente, uma segunda parte de classe, que acabaram por se sagrar reis da Europa.

Mas esta bonita história para o futsal nacional e do Sporting não teve o início mais feliz. Longe disso. A equipa verde e branca entrou mal no jogo e sofreu um golo logo no primeiro minuto, depois de Marcênio aproveitar um mau passe de Erik para inaugurar o marcador. O Sporting tentou reagir e até colocou à prova Didac por duas vezes, com duas bolas aos ferros pelo meio, mas Ximbinha acabou por dilatar a vantagem ainda na primeira parte.

O título europeu parecia estar longe. Mas a equipa verde e branca acabou por demonstrar a razão pela qual o técnico Nuno Dias sublinhou sempre o espírito e a união de grupo ao longo da semana. O Sporting reentrou bem, com garra e vontade de mostrar que ainda tinha uma palavra a dizer. Em vários momentos do duelo, a equipa do Barcelona foi banalizada e bastaram cinco minutos para os leões marcarem três golos e darem a volta ao resultado. Zicky Té, após passe de Tomás Paçó, Erick, de cabeça, e Taynan conseguiram a reviravolta e voltaram a devolver o sonho aos verdes e brancos.

A quatro minutos do fim, e já com o Barcelona a jogar com o guarda-redes avançado, Pany Varela fez o 4-2 numa recarga de um remate de Erick, que bateu no ferro. Os catalães ainda reduziram (4-3) mas o Sporting aguentou a vantagem como pôde, acabou por fazer a festa e levantar o troféu de campeão europeu pela segunda vez.

Haja garras de leão.

FonteJN

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.