InicioPolíticaCASA-CEPresidente da CASA-CE diz que está a examinar suposto desvio de 180...

Presidente da CASA-CE diz que está a examinar suposto desvio de 180 milhões de kwanzas no partido PDP-ANA

O presidente da Convergência Ampla de Salvação de Angola-Coligação Eleitoral (CASA-CE), Manuel Fernandes, disse ontem que foi informado pelos membros do Comité Central do Partido Democrático para o Progresso e Aliança Nacional de Angola (PDP-ANA), um dos seis que faz parte da coligação, de um suposto desvio de 180 milhões de kwanzas pelo seu líder, Simão Makazo, que ao Novo Jornal negou todas as acusações e garante ter uma gestão “transparente”.

“A direcção da coligação tomou conhecimento desta informação dos membros do Comité Central do PDP-ANA sobre o suposto desvio de 180 milhões de kwanzas. Já estamos a trabalhar para apurar a veracidade dos factos”, garantiu ao Novo Jornal o líder da CASA-CE. “A direcção da coligação disponibiliza verbas aos seis partidos políticos.

E, estes fazem a gestão internamente. Estamos a trabalhar minuciosamente para examinarmos esta situação que preocupa não só o PDP-ANA, como também a própria Coligação”, acrescentou.

Ao Novo Jornal, o líder do PDP-ANA, Simão Makazo, negou as acusações dos membros do Comité Central,frisando que a sua gestão é transparente. “Enviamos regularmente à direcção da coligação os relatórios de contas das verbas que recebemos com transparência.

Por isso, não corresponde à verdade esta informação”, defendeu Simão Makazo. Simão Makazu é o presidente do PDP-ANA,reconhecido em 2015 pelo Tribunal Constitucional, depois que um congresso do partido decidiu afastar o anterior líder, Sediangani Mbimbi.

O PDP-ANA é uma das forças políticas que integra a coligação CASA-CE, da qualfaz parte desde 2017. Entretanto, o novo presidente da CASA-CE, eleito, a 09 de Fevereiro deste ano, toma posse quinta-feira, 06, como membro do Conselho da República, em cerimónia a decorrer no palácio presidencial na Cidade Alta, em Luanda.

Manuel Fernandes, que é também presidente do Partido de Aliança Livre de Maioria Angolana (PALMA), um dos seis partidos que constituem a CASA, substituiu André Gaspar Mendes de Carvalho “Miau”, da liderança da coligação.

A CASA-CE foi fundada em 2012 e é uma coligação de seis partidos políticos – Bloco Democrático (BD), Partido Pacífico Angolano (PPA), Partido Apoio para Democracia e Desenvolvimento de Angola – Aliança Patriótica (PADDA-AP), Partido Aliança Livre de Maioria Angolana (PALMA), Partido Nacional de Salvação de Angola (PNSA) e Partido Democrático Popular de Aliança Nacional de Angola (PDP-ANA).

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.