- Publicidade-
InicioCrónicas e ArtigosInternet mais cara e pouco eficiente

Internet mais cara e pouco eficiente

Há uma enorme insatisfação em torno do serviço nacional de Internet. Com quebras constantes do sinal, o serviço das operadoras está longe dos níveis de satisfação desejados. Aos balcões os operadores de sistema esmeram-se na atribuição de culpas à chuva que cai impiedosamente sobre a capital do país, e o que é difícil de aceitar são as desculpas esfarrapadas que nos levam a ganhar repúdio ao mau serviço que nos prestam a preços cada mais insuportáveis.

Temos  o INADEC a nada poder fazer para que os abusos aticem um dia, a revolta dos consumidores perante a impunidade das operadoras, que volta e meia aumentam os preços de um serviço de menor qualidade, que somos obrigados a consumir pelo direito de apenas pagar e nada reclamar. Que país é este que estamos a construir, onde tudo o que de mal acontece não dá direito a constestação, apenas a consolação!?

Que haja a sensatez de tratar o consumidor comum com mais respeito e ética profissional, pois qualquer dia é a desordem a reinar e a confusão a instalar-se, em nome dos direitos, que não temos, enquanto senhores da razão.

Que os órgãos de defesa do consumidor sejam mais pró-activos e venham menos à televisão falar de coisas que sabemos estarem fora do seu alcance.

Esperemos que se mudem as práticas de actuação e se tenha em consideração o respeito e estima pelos consumidores que somos, infelizmente, mal servidos, por um serviço que é pago a bom preço, mas de qualidade duvidosa. Haja bom senso!

 

 

 

 

 

 

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.