- Publicidade-
InicioDestaquesPGR já tem a lista das grandes fortunas angolanas em Portugal incluindo...

PGR já tem a lista das grandes fortunas angolanas em Portugal incluindo contas bancárias, investimentos e propriedades

A justiça portuguesa entregou a Angola a lista das grandes fortunas que cidadãos nacionais possuem naquele país, incluindo as contas bancárias, as propriedades e os fundos de investimentos.

De acordo com o jornal Correio da Manhã, o Departamento Central de Investigação e Acção Penal(DCIAP) da Procuradoria-Geral da República (PGR) portuguesa fez chegar a Angola a lista das maiores fortunas, que inclui os nomes de Isabel dos Santos, Tchizé dos Santos ou Zenu dos Santos.

Este jornal avança ainda que alguns dos nomes mais sonantes de angolanos com grandes fortunas em Portugal foram deixados de fora desta lista, embora as razões não sejam conhecidas.

O “dossier” enviado para Luanda conta com mais de 7.000 páginas onde estão detalhados ao pormenor as contas bancárias, os investimentos financeiros e as propriedades, nomeadamente imóveis e participações em empresas destas pessoas.

Esta lista é, segundo a cronologia dos acontecimentos permite concluir, a resposta portuguesa ao pedido da PGR angolana de ajuda para localizar os bens que angolanos referenciados pela justiça possuem em Portugal com o objectivo de os recuperar para o Estado considerando que estes foram obtidos com recurso ao erário público.

O documento, garante o jornal português,foi entregue em mão por um funcionário da PGR angolana, sendo que algumas destas contas e bens já estão congeladas ou identificadas no âmbito de processos a decorrer nos dois países.

Para além dos filhos do ex-Presidente José Eduardo dos Santos, segundo o Correio da Manhã estão ainda na lista os generais Hélder Vieira Dias e Leopoldino Fragoso do Nascimento.

O ex-vice-Presidente Manuel Vicente e o banqueiro Álvaro Sobrinho são nomes que o jornal diz que ficaram de fora da lista, sem, no entanto, avançar quaisquer justificações.

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.