InicioDesportoFutebolPetro de Luanda e Interclube desfazem igualdade este mês

Petro de Luanda e Interclube desfazem igualdade este mês

Igualados em número de troféus conquistados esta época, um para cada lado, Petro de Luanda, vencedor da Supertaça Wlademiro Romero, e Interclube, do Torneio Victorino Cunha, têm a partir de amanhã, na disputa do “play-off” da final da 43ª edição do Campeonato Nacional sénior masculino de basquetebol, oportunidade ímpar para desfazerem a paridade.

O jogo de amanhã, primeiro de cinco, dará indicadores de qual dos candidatos terá estofo, arcaboiço e capacidade de sofrimento o quanto baste para chegar ao mais apetecível dos títulos do calendário de competições da Federação Angolana de Basquetebol (FAB).

Mais regulares e demonstradores de consistência competitiva, petrolíferos, liderados tecnicamente por José Neto, e polícias, às ordens de Raul Duarte, ambicionam, de modo legítimo, chegar ao primeiro lugar do pódio.

Por ter no actual plantel a maior parte dos jogadores que integram a Selecção Nacional, casos de Leonel Paulo, Carlos Morais, Childe Dundão, Gerson Domingos, Gerson “Lukeny” Gonçalves, Jone Pedro, Valdelício Joaquim “Wander” e Melvyn da Silva, o Petro de Luanda é apontado nos diferentes círculos da modalidade, desde sócios, adeptos, comentaristas desportivos e jornalistas, como virtual campeão.

Numa época atípica, condicionada sobremaneira pelas incidências da pandemia da Covid-19, ainda assim, a equipa do Interclube, “sonhadora modesta”, pode, chegada à final, aspirar à conquista do ceptro.

Alexandre Jungo, o activo do conjunto dos bombeiros que marca de forma regular, presença nas convocatórias dos hendecacampeões africanos, sendo a mais recente a ida a Yaoundé, Camarões, sabe, tal como os companheiros, ser necessário abordar o jogo com a humildade recomendada, pois só assim será possível materializar o tão ambicionado desiderato.

Recentemente, em declarações à imprensa, Duarte disse: “é importante jogarmos finais. E jogando-as teremos ambições maiores”, disse.

Treinos hoje
Hoje, em regime bidiário, as equipas começam o treino com os habituais exercícios de alongamento sob orientação dos distintos preparadores físicos. A posteriori ensaiam ataques cinco contra cinco, saídas em contra-ataque apanhando a defesa contrária desprevenida, defesa homem a homem, com recurso à capacidade de sofrimento na hora de manter inviolável o cesto, são alguns dos detalhes agendados.

Passes, desmarcação, bloqueio, corte, lançamento da linha de lances livres, de dois e três pontos, também dominam as sessões. Antes de finalizar, os jogadores realizam o rotineiro jogo-treino entre os integrantes dos referidos plantéis, para deste modo os treinadores poderem aferir o grau de absorção dos conceitos ministrados.

No Petro o treinador conta com Gerson Domingos, Childe Dundão, Carlos Morais, José António “ZT”, Antwan Scott, Leonel Paulo, Melvyn da Silva, Aboubakar Gakou, Gerson “Lukeny” Gonçalves, Jone Pedro, Aldemiro João e Valdelício Joaquim “Wander”.

No Interclube estão disponíveis: Carren Wilson Jr., Emanuel Sebastião, Elmer Félix, Jonatão Ndjungo, Paulo Barros, Glofate Buiamba, Roberto Fortes, Egídio Ventura, Godalfim Freitas, Joseney Joaquim, Alexandre Jungo e Reggie Moore.

Siga-nos

0FansCurti
0SeguidoresSeguir
0InscritosSe inscrever

Últimas notícias

Notícias relacionadas

- Publicidade -

Deixe um comentário

Por favor insira seu comentário!
Digite seu nome aqui

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.